Pin TPO Natália e André em um veleiro pela Ilha Grande

2 setembro, 2019
Autor: Redação

Hoje recebemos por aqui um relato inédito: uma viagem de veleiro para Ilha Grande, feita pelos professores de educação física, Natália e André Papaléo.

Aos 37 e 43 respectivamente, o casal que ama viajar e desbravar as belezas do mundo, donos do blog Nós na estrada, fizeram a bordo de um veleiro, Paraty e Ilha Grande, no Rio de Janeiro, em 4 dias.

O querido casal compartilhou com a gente toda essa experiência única e inesquecível, e nos deu dicas de viagens essenciais para levar para vida. Ficou curioso? Continue com a gente e vamos para mais uma aventura!

TPO – O que te inspira e te move na busca de novos destinos e viagens?

NeA: A curiosidade com certeza é o que move qualquer viajante, principalmente quando seguimos para um destino ainda não conhecido. A internet é uma ótima fonte de pesquisa para descobrir um pouco mais sobre os destinos, mas nada como você estar ali “ao vivo e a cores” pra conhecer o destino do seu jeito. Nós gostamos de viajar, por isso, sempre que temos um tempinho livre, botamos o pé na estrada, na maioria das vezes de carro. Nossos destinos, geralmente, estão relacionados com elementos da natureza que nos proporcionam a beleza e a vivência de cenários deslumbrantes. Os lugares por onde passamos sempre deixam saudades, por isso, em alguns deles voltamos pra matar a saudade. Paraty é um desses, batemos cartão, sempre que possível. E sempre que a gente volta, procuramos algo diferente pra fazer.

TPO – Qual foi o melhor conselho que já recebeu sobre “viagens”?

NeA: O conselho que a gente segue, é que viajar não é um gasto, viajar é um investimento. Gostamos muito de uma frase do Amyr Klink, que, inclusive, está em destaque no nosso blog: “Pior que não terminar uma viagem é nunca partir”.

TPO – Depois de já ter conhecido e desbravado alguns destinos, o que ainda te assusta?

NeA: Partir para uma viagem é sair da rotina. Muitas pessoas não gostam de viajar porque sair da rotina causa insegurança, “e se eu ficar doente?… e se eu for roubada?… e se eu não encontrar lugar pra dormir?… e se…e se…e se…” Eu respondo que “se acontecer a gente tem que buscar formas de resolver”. Nós já fomos furtados, já ficamos doentes, não conseguimos lugar pra dormir e nada disso foi motivo pra deixarmos de viajar, no final tudo se resolve. Claro que procuramos planejar, programar tudo com antecedência pra evitar acidentes, mas algumas coisas fogem do planejado, então, no caminho a gente tem que ir se adequando. Procuramos fazer seguro viagem quando vamos sair do país, levar remedinhos que estamos acostumados a usar, manter a manutenção do carro sempre em dia, no resto é curtir a viagem.

TPO – Playlist da Trip:

NeA: Não temos uma playlist definida. A gente costuma comprar CD de músicas tradicionais dos lugares onde a gente passa. Temos pífanos de Caruaru, frevo de Recife, Maurício Ribeiro com sua viola de Buriti (Tocantins), músicas regionais da Argentina, Chile, Equador…algumas vão para nosso pendrive do carro. Nesse pendrive tem bastante música brasileira, de diferentes estilos MPB, Rock, sertanejo de raiz, folk, forró pé de serra, internacionais temos jarabe de palo, Eddie Vedder, Jack Johnson, John Butler trio entre outros…

 

TPO – O que não pode faltar nessa mala?

NeA: Roupas de banho, roupa de neoprene por causa da água fria, protetor solar, snorkel, nadadeiras, óculos escuros, boné, GoPro para fazer vídeos de baixo d’água, e a máquina fotográfica, claro. Pra quem curte surfar pode levar também a prancha de surf, pois, há parada pra surf.

 

 

TPO – Como você chegou lá?

NeA: Fomos de carro de Valinhos (interior de SP) para Paraty no final da tarde do dia anterior ao embarque no veleiro.

 

TPO – Mala de rodinha ou mochilão?

NeA: Mochilão. Os maleiros das cabines são compactos e não cabem malas.

 

TPO – O que não dá pra perder?

NeA: Com certeza as melhores paradas foram na lagoa azul e na lagoa verde para fazer snorkel. O fundo do mar nesses locais são incríveis, nadamos com tartarugas, vimos estrelas do mar gigantes, e diversidade de peixes e corais, são imperdíveis. O passeio na Vila do Abraão em uma das noites foi bem legal, pois, eu não conhecia.

 

TPO – Onde e o que comer?

NeA: Nossas refeições foram no barco, exceto na noite em que descemos na vila do Abraão que comemos num restaurante em uma das ruas principais.

TPO – Onde se hospedou? 

NeA: Na noite anterior ao embarque no veleiro, dormimos dentro do nosso carro, num camping em Trindade. Fizemos uma mudança no carro para uma viagem futura e estávamos testando sua utilização. No veleiro ficamos em uma cabine de casal com banheiro compartilhado, roupas de cama e toalhas inclusos, pensão completa.

TPO – Em qual época do ano você escolheu ir para esse destino?

NeA: Nós fomos em junho, no feriado de Corpus Christi. Por ser inverno, sabíamos que a água estaria fria, por isso, levamos roupas de neoprene. A data não foi escolha nossa. Fazemos aula de vela na represa de Guarapiranga em São Paulo e nossa professora faz essa pequena travessia para que os alunos vivenciem velejar no mar, essa era uma data programada por ela.

 

TPO – Fatos engraçados:

NeA: Ancoramos o veleiro de frente para a Vila do Abraão e estávamos tentando contato pra conseguir um “barco táxi” que nos levasse até o pier, quando já havia se esgotado nossa procura, eu vi um barquinho passando e fiz um sinal com a lanterna e acenei com a mão, ele veio até nós e tudo se resolveu em menos de 1 minuto. Combinamos o horário e ele veio nos buscar no horário combinado, a professora disse que vai me contratar pra fazer parte da sua tripulação rsrsrs…

 

TPO – Cereja do Bolo: 

NeA: Como foi nossa primeira velejada no mar, essa foi a cereja do bolo. Que venham muitas outras, cada vez mais longas, que elas nos levem para desbravar os quatros cantos do mundo.

 

Galeria de imagens de Natália e André em um veleiro pela Ilha Grande:

Incrível!!! Simplesmente amamos receber vocês por aqui, adoramos as dicas, as fotos e essa viagem maravilhosa, agradecemos muito Natália e André!

E para ficar por dentro de Dicas exclusivas de Ilha Grande, não perca esse post clicando aqui!

Tags: , , ,
Newsletter Inscreva-se na newsletter e receba gratuitamente todas as novidades do blog!

• Faça um comentário deste assunto •

Posts Relacionados