Pin TPO Marrakech: Dicas de gastronomia e turismo por Gabriela Gluz

10 junho, 2018
Autor: Redação

Gabriela Gluz é a convidada do Tá Por Onde dessa semana e nos contou em detalhes como foi a sua incrível viagem ao lado de seu marido, para Marrakech no Marrocos. A quarta maior cidade do país é muito rica em cultura, possui uma gastronomia de primeira e paisagens exuberantes.

Aqui você acompanha na íntegra todas as dicas da Gabi, nesse lugar tão diferente que é Marrakesh, que surpreende a todos que a visitam. Dê uma olhada!

TÁ POR ONDE

MarrakechTPO – O que te inspira e te move na busca de novos destinos e viagens?

GABI: Eu sou uma observadora nata, amo reparar em cada detalhe de tudo! Vivi em São Paulo por 26 anos e ainda assim descobria novas facetas da cidade todos os dias! Viajar pra mim é uma grande oportunidade de aprender, através da observação da cultura local, hábitos, arquitetura, moda…É uma nova janela que se abre e me enche de inspiração! Sendo assim, os destinos ricos em cultura são os meus preferidos (mas uma boa praia sempre vai bem!), amo ter a oportunidade de entender melhor sobre um pais através de seu povo! Viajar me renova sempre.

TPO – Qual foi o melhor conselho que já recebeu sobre “viagens”?

GABI: O melhor conselho que já recebi foi: “não planejar cada segundo”, uma tarefa difícil para uma virginiana obcecada por organização. Quando planejamos uma viagem milimetricamente deixamos de aproveitar as surpresas que um destino pode trazer! Acredito que o equilíbrio entre atividades planejadas e tempo livre para “descobrir” é ideal para uma viagem bacana.

TPO – Depois de já ter conhecido e desbravado alguns destinos, o que ainda te assusta?

GABI: Esta foi difícil! Ficar doente numa viagem sempre me preocupa, esta é uma das poucas coisas que te impede de aproveitar de verdade…Em destinos com culinárias exóticas, temperaturas extremas e coisas do gênero, um susto desses pode acontecer! Tento sempre viajar prevenida, levando alguns remédios básicos que são tiro e queda!

TÁ POR ONDE

TPO – Playlist da Trip

GABI: Ixiiii não tem uma! Podemos inventar esta? hahahah

MarrakechTPO – O que não pode faltar na mala de Marrakech?

GABI: Um bom kaftan! O Marrocos e um país cuja população é maioria islâmica e onde as mulheres seguem a tradição de cobrir o corpo e os cabelos. Como turista acho que cobrir o corpo é um sinal de respeito ao país e suas tradições, por isso indico uma boa seleção de kaftans para quem for visitar o Marrocos durante o verão, além de confortáveis e fresquinhos eles são superestilosos! É importante salientar que cidades como Marrakech recebem muitos turistas do mundo todo, sendo assim a população local está acostumada em ver mulheres de short jeans e regatinha…mas esta e uma ótima oportunidade de colocar aquele longo lindo para jogo!

TPO – Como você chegou lá? 

GABI: Voamos de TAP para Marrakech, saindo de São Paulo com escala em Lisboa. Ao chegar na cidade ficamos maravilhados com o aeroporto local; recém reformado ele apresenta uma arquitetura linda, além de ser organizado e super eficiente! Está não foi nossa primeira experiência voando para o pais, há alguns anos pegamos um vôo da Royal Air Maroc para Casablanca e nos prometemos que seria a última vez! O aeroporto é desorganizado, abarrotado e tem filas intermináveis. Para quem não for ficar em Casablanca ou em suas redondezas, voar para Marrakech pode ser uma experiência muito mais prazerosa.

TÁ POR ONDE

TPO – Mala de rodinha ou mochilão? 

GABI: De rodinha sempre!

MarrakechTPO – Onde e o que comer em Marrakech?

GABI: A culinária Marroquina é extremamente rica em temperos e sabores. Comece sua viagem gastronômica conhecendo os pratos locais com uma degustação nos restaurantes Dar Moha ou Dar Yacout, uma experiência inesquecível! Reserve uma noite para jantar no animadíssimo Le Comptoir e se esbanjar com a comida, música e dança local. Para fugir do calor e descansar os pés enquanto estiver passeando na medina indico tomar uma limonada com menta no Cafe Kif Kif (cuidado, ela vicia) e se deliciar com a salada de couve-flor do Nomad.

TPO – O que não dá pra perder?

GABI: São tantas atrações em Marrakech que fica difícil escolher…Os souks, mercados locais, são imperdíveis! A mistura de produtos, sons e cheiros fascinam, e você pode ficar o dia todo circulando por lá! Para os fashionistas, vale visitar o novo Museu de Yves Saint Laurent que abriu em Outubro e tem projeto assinado pelo Studio KO Architects, o museu conta com fotografias, desenhos e artefatos do estilista que era apaixonado pela cidade. Ainda no circuito fashion, vale visitar também os jardins Majorelle, propriedade restaurada nos anos 80 por YSL que conta com uma infinidade de cactos e outras plantas vindas do mundo todo!

TÁ POR ONDE

TPO – Onde se hospedou? 

GABI: Marrakech tem uma infinidade de opções de hotel, dentro e fora da Medina (cidade velha). Se hospedar dentro da medina significa ficar em um Riad, uma construção antiga e que respira história; Se hospedar fora da medina significa ter a possibilidade de ficar em um hotel grande, luxuoso e cheio de mordomias. Optamos por fazer um pouco de cada! Começamos pelo Hotel Four Seasons, que e simplesmente impecável, vale aproveitar o serviço de carro privativo e gratuito que eles oferecem à noite para ir para Medina e tomar o chá gelado de menta no final de tarde, ao lado da piscina. O servico no hotel é simplesmente perfeito e os quartos são extremamente espaçosos. Na segunda parte da viagem, nos hospedamos no Riad El Fenn, um museu de arte moderna a céu aberto! Super estiloso, cheio de detalhes interessantes e muito bem localizado. O cafe da manha é muito especial e reproduz algumas das especialidades encontradas nos souks em um serviço à la carte, não deixe de experimentar a granola de lá!

TÁ POR ONDE

TPO – Fatos engraçados 

GABI: Ao contrario do que passamos a acreditar após a novela “O Clone” ninguém tenta te comprar por camelos na medina! Os adolescentes por outro lado s ão insistentes em dizer que você: “esta perdido e o lugar que você está procurando é para o outro lado” na esperança de servir de guia e ganhar uns trocados, MESMO NÃO SABENDO para onde você esta indo! Depois de dias ouvindo a mesma frase “wrong way worng way, it is to the other way sir” acabamos caindo na brincadeira e inventando um endereço fictício para dar como referência, batata, eles desistiam na hora e nos deixaram em paz.

TPO – Cereja do Bolo:

GABI: O que começou como uma grande preocupação acabou sendo a cereja do bolo! Assim que chegamos em Marrakech soubemos que a cidade iria parar por 2 dias para observar o feriado mais importante da religião – náo o Ramadan – o dia do sacrifício! Neste dia as famílias se reúnem para celebrar um acontecimento bíblico e replicam em suas próprias casas o sacrifício de uma ovelha!! Primeiro pensamos: ferrou, 2 dias de viagem perdidos…Mas logo que o feriado começou a experiência na cidade tomou outras proporções! Observamos e “participamos” de tudo, desde a compra e o transporte incomum da ovelha (leia-se uma família inteira à bordo de uma motoca com a ovelha apoiada nas cabeças) até as vestimentas, músicas e a pós festividade (que chega a revirar o estômago, mas tudo bem!)… foi tudo incrivelmente interessante! Mais uma prova que as surpresas da viagem vem para o bem.

Amamos muito essa experiência! E você já conhece o Marrocos também?!

Tags:
Newsletter Inscreva-se na newsletter e receba gratuitamente todas as novidades do blog!

• Faça um comentário deste assunto •

Posts Relacionados