Pin TPO Dicas de Buenos Aires por Marina Aly

15 abril, 2019
Autor: Redação

Tivemos o prazer em receber pela segunda vez em nosso cantinho de viagens reais, Marina Aly, que é formada em moda, mas atualmente trabalha com marketing. Aos 25 anos, Marina, fez uma viagem incrível de 8 dias para Buenos Aires, na Argentina, para ir ao casamento de sua irmã. Ela nos contou tudo sobre sua trip e ainda passou dicas incríveis para quem vai conhecer o destino.

Continue com a gente e confira tudo na íntegra!

TPO – O que te inspira e te move na busca de novos destinos e viagens?

MARINA: Além das paisagens e da arquitetura do lugar, os hábitos locais me chamam muito atenção, e por isso, procuro sempre ir além das atrações básicas para turistas, e conhecer os lugares que os moradores locais frequentam, para entender e viver de perto um pouco mais sobre o país e sua cultura.

 

TPO – Qual foi o melhor conselho que já recebeu sobre “viagens”?

MARINA: Como é a minha segunda vez no Tá Por Onde, vou falar sobre o conselho que eu dou para os outros, sobre viagens: Se planeje bastante e confira todos os detalhes importantes com antecedência, como por exemplo: reserva de hotel, dinheiro trocado para a moeda local, cartão de crédito internacional habilitado, costumes e hábitos do lugar, atrações imperdíveis para visitar e documentos necessários. Evitar perrengue, principalmente durante uma viagem, nunca é demais.

 

TPO – Depois de já ter conhecido e desbravado alguns destinos, o que ainda te assusta?

MARINA: Acho que concluindo minha resposta ali de cima, o que me assusta é, algo muito importante durante uma viagem dar errado, como por exemplo perda de algum documento, atrasar para pegar um voo, algum tipo de erro ou decepção com as hospedagens, ser roubada e por aí vai. Acredito que esse tipo de pepino possa estragar a viagem toda.

 

TPO – Playlist da Trip:

MARINA:  Sou muito eclética, então ouço de tudo um pouco. Nessa viagem ouvi bastante Jack Johnson, Kendrick Lamar, Tim Maia e até uns Reggaetons, hahahah.

 

TPO – O que não pode faltar nessa mala?

MARINA: Buenos Aires é MUITO quente no verão e MUITO frio no inverno, então depende de quando for essa viagem, é um tipo de mala totalmente diferente. Como dessa vez fui no verão, usei bastante vestidos e saias longas, regatas básicas, chinelo havaiana e rasteirinhas. Porém, aqui vai um dica boa: assim como no Brasil, principalmente em São Paulo, Buenos Aires tem uma variação de temperatura bem grande, e como sou uma boa virginiana prevenida, levei alguns casaquinhos na mala e fiz toda a família colocar também. E adivinha? Usamos muito! A temperatura caiu quase 15ºC no fim da viagem.

 

TPO – Como você chegou lá?

MARINA: De avião. Saí de São Paulo (GRU) e fui em um voo direto para Buenos Aires, porém desci no Aeroparque Jorge Newbery (AEP) que fica mais próximo do centro.

 

TPO – Mala de rodinha ou mochilão?

MARINA: Rodinha. Como o destino é na cidade grande, tudo asfaltado e bem localizado, a comodidade de uma mala de rodinha não faz mal a ninguém hahah.

 

TPO – O que não dá pra perder?

MARINA: Depende de quanto tempo for a estadia. Para quem ainda não conhece Buenos Aires, e o tempo for curto, eu sugiro conhecer os pontos turísticos mais recomendados mesmo, como a Plaza de Mayo, Casa Rosada, Obelisco, Catedral Metropolitana, Calle Florida, Caminito, Cemitério da Recoleta e a Flor Metálica por exemplo. Para quem já esteve por lá e conhece as principais atrações, os passeios podem ser outros, como um piquenique em alguma das belíssimas praças ou parques, fazer uma caminhada pela Avenida Corrientes, tomar uma cerveja ou um vinho em algum dos barzinhos de Puerto Madero, andar pelas ruas charmosas de Palermo Soho, conhecer a enorme feira de San Telmo que acontece aos domingos e curtir os barzinhos da Plaza Serrano durante a noite, por exemplo. Se o tempo da viagem for maior, dá pra fazer tudo isso.

 

 

TPO – Onde e o que comer?

MARINA: Ao contrário do que muitos pensam, nem só de carne vive a Argentina. Não que eu não coma, mas fui em diversos restaurantes com opções vegetarianas também. Os restaurantes que recomendo são: El Santa Evita, Tanta by Gastón Acurio, Rock & Ribs Smoke House, Peron Peron e o Mercado de San Telmo, um mercadão com inúmeras opções para todos os gostos. As sorveterias de Buenos Aires também são bem famosas e costumam ficar abertas até tarde, minha dica é ir na tradicional Freddo, na Lucciano’s e na Cadore.


 


Seguros Promo

TPO – Onde se hospedou?

MARINA: Fiquei em um Airbnb no bairro de Almagro. Gostei bastante!

 

 

TPO – Em qual época do ano você escolheu ir para esse destino?

MARINA: Como minha viagem era em especial para ir ao casamento da minha irmã, em uma data pontual, fui em fevereiro, no verão. Mas estive por lá outras vezes, e sugiro Buenos Aires na primavera ou no outono, pois as temperaturas já estão mais amenas. Eu amo o verão, mas como a cidade é muito úmida, muitas vezes os passeios podem ficar insuportáveis de tanto calor.

 

TPO – Cereja do Bolo:

MARINA: Para mim essa viagem em geral foi a cereja do bolo. Por ter sido o casamento da minha irmã, uma grande parte da família estava reunida por vários dias e isso foi incrível. Meus pais são separados há muitos anos, e ter as duas famílias unidas (que não são nenhum pouco pequenas) dando muita risada, fazendo vários passeios e se divertindo muito, todos juntos, foi único.

 

Galeria de imagem de Marina Aly em Buenos Aires:

 

Adoramos todas as dicas de Buenos Aires que a Marina nos deu. E para ficar por dentro de tudo sobre sua viagem de Barra Grande, na Bahia, é só clicar aqui.

 

 

Newsletter Inscreva-se na newsletter e receba gratuitamente todas as novidades do blog!

• Faça um comentário deste assunto •

Posts Relacionados