Icaraí de Amontada, um paraíso escondido no Brasil

13 novembro, 2018
Autor: Redação

Está cansado ou cansada de viajar para os mesmos lugares do nordeste, ou está afim de sair do comum e curtir uma experiência inusitada e muito pouco conhecida? Então Icaraí de Amontada é o lugar ideal para os seus planos, principalmente se você ama praias paradisíacas tranquilas e contato com a natureza.

Para conhecer o lugar, é só continuar por aqui!

A aproximadamente 200 km de Fortaleza, a capital do Ceará, está Icaraí de Amontada, localizada no litoral oeste do estado. Uma simples e pequena vila de pescadores com apenas 5 mil habitantes, que é chamada carinhosamente de Icaraizinho, por seus locais.

Esse é o lugar perfeito para quem quer aproveitar os dias de férias para relaxar e esquecer dos problemas, já que além de não possuir asfaltos em suas ruas e nem sinal nos celulares, o destino ainda é muito pouco conhecido por nós brasileiros, portanto as suas praias são praticamente desertas durante o ano inteiro, sem infraestrutura e águas do mar bem tranquilas. Porém, por outro lado, o lugar é muito notado pelos europeus, principalmente franceses que estão por toda parte, e pelos praticantes do kitesurf e windsurf, por ser um local conhecido mundialmente pelos seus bons ventos, que favorecem a prática.

Então vamos às dicas essenciais para curtir esse lugar.

Atrações imperdíveis de Icaraí de Amontada:

Lençóis Cearenses: Aqui estão as dunas locais e a famosa Lagoa de Sabiaguaba, que quando deságua nos meses chuvosos, transborda, formando diversos Lençóis. Por lá, há também duas vilas a Caetano de Baixo, que é bem simples e sem atrativos, localizada no meio das dunas e a Caetano de Cima, uma outra vila de pescadores, que fica bem na beira do mar, proporcionando uma paisagem deslumbrante principalmente quando o sol se põe. Para ir até esse local, você precisará contratar um passeio de buggy.

Rio Aracatiaçu: Esse é uma das atrações mais incríveis de Icaraizinho. Um passeio de barco feito pelos próprios locais, que segue o Rio Aracatiaçu e o seu mangue. Para chegar até o ponto de partida do passeio, você terá que ir até a praia de Moitas e contratar o serviço.

#DicaTPO: Como é praticamente impossível agendar lugar no barco, a nossa dica é chegar bem cedo e pegar um dos primeiros barcos do dia, pois em algumas épocas ou em alta estação esse passeio fica bastante concorrido.

Praia de Moitas: A aproximadamente 6 km da vila, essa é uma praia para quem quer um pouco mais de agitação, pois é em Moitas que estão os restaurante pé na areia mais estruturados, que servem pratos com frutos do mar deliciosos, tendo como carro-chefe as ostras.

Atividades:

  • Admirar o pôr do sol na praia de Caetano de Cima;
  • Praticar Kitesurf;
  • Velejar;
  • Andar de windsurfe não só no mar como na lagoa;
  • Caminhada;
  • Conhecer a Lagoa do Torto Frexeiras;
  • Desfrutar de uma feira de artesanato local;
  • Passear de bicicleta;
  • Mergulhar nas piscinas naturais;
  • Caiaque tour;
  • Andar Stand Up Paddle pelo mar, lagoa e mangues;
  • Fazer um curso de kite ou windsurf.

#DicaTPO: Caso você não tenha os equipamentos especiais para a prática das atividades, não se preocupe, pois é muito fácil de encontrar para alugar por lá.

Melhores restaurantes:

Restaurante do Hotel Villa Mango

Onde se hospedar em Icaraí de Amontada:

Pousada Vayu

Como chegar?

O aeroporto mais perto de Icaraí de Amontada é o de Fortaleza, e a partir de lá é possível alugar um carro e seguir pela estrada CE -085 em direção ao litoral oeste. A estrada é ótima e super sinalizada. Para chegar até o trevo de Amontada, são 169 km e até Icaraizinho mais 26 km, sendo uma viagem de aproximadamente 2h30.

Uma outra opção é ir de ônibus, através da rodoviária de Fortaleza pela empresa Fretcar, até o trevo de Amontada. Essa viagem dura em torno de 3h30.

Vale lembrar também, que alugar um carro pode ser uma opção econômica, já que você poderá usá-lo para conhecer as praias e atrações nos arredores, passeando livremente pelos lugares.

Vida Noturna:

Mesmo sendo uma vila pequena e simples, quase todas as noites, principalmente na alta temporada, há alguns luais nas dunas de Icaraí de Amontada, com diversas rodas de música. Além disso, em noite de lua cheia, os grupos dos luais se juntam em uma festa só, montam uma estrutura bem rústica e organizam shows ao vivo, é incrível.

Quando ir?

São consideradas apenas duas estações do ano nessa região, o inverno (que é chamado na época da chuva) e o verão (os meses de seca e muito sol) tendo uma variação entre 23ºC a 35ºC e bastante vento o ano todo.

Portanto os meses ideais para ir à Icaraizinho é de agosto a janeiro, época que tem bastante sol e calor com muitos ventos. Para quem quer sossego total e praias desertas, os meses de janeiro até junho são perfeitos. Já para quem quer praticar o kite e o windsurf, fazer cursos com os diversos instrutores pelas praias ou até participar e observar os campeonatos, a melhor época é entre setembro a novembro.

É preciso saber…

  • Como as atrações turísticas não possuem infraestruturas, leve com você sempre uma bolsa, com águas e alguns snacks;
  • As ruas da cidade são todas de areia, e pode haver trocas de veículos em sua chegada, portanto nossa dica é deixar a mala de rodinha e ir com um mochilão prático, com roupas leves e casuais;
  • Há supermercados na cidade, mas apenas oferecendo itens básicos. Pode até ser que você encontre algo mais específico, porém os preços estarão bem mais altos, a dica é levar o que você precisa com você, como por exemplo: hidratantes de corpo, remédios pessoais, lentes de contato e repelente.
  • Leve também dinheiro em espécie, pois além de não ter caixas eletrônicos, muitos estabelecimentos não aceitam cartão;
  • Icaraizinho não possui hospital, apenas uma clínica simples com serviços bem limitados. O hospital mais próximo está na cidade de Itapipoca, a quase 1 hora de carro.

Aposto que já está ligando para alguém e marcando essa viagem!!!

Até a próxima…

 

 

Tags: , , ,
Newsletter Inscreva-se na newsletter e receba gratuitamente todas as novidades do blog!

• Faça um comentário deste assunto •

Posts Relacionados