Dicas essenciais de Aruba para montar um roteiro completo

16 julho, 2019
Autor: Redação

Seja bem-vindo(a) à Aruba, também conhecida como a Ilha Feliz, o lugar que pode proporcionar uma das melhores viagens da sua vida, principalmente se você ama praias paradisíacas, contato direto com a natureza, agitos e excelentes hospedagens. Por aqui separamos um cantinho especial para passarmos todas as dicas desse destino mágico, e te ajudar a montar um roteiro completo para essa viagem.

Confira!!!

Aruba, é um pequeno território autônomo da Holanda, localizado no Caribe, ao largo da costa da Venezuela, tendo como vizinhança Curaçao, São Martinho e a Península de La Guarija na Colômbia. Com apenas 30 km de comprimento e 9 km de largura, a ilha que conta com aproximadamente 108 mil habitantes é conhecida pelas suas praias paradisíacas, águas do mar cristalinas e turquesa e um clima perfeito para curtir tudo isso o ano inteiro, motivos para movimentar trilhões de reais todos os anos através da indústria do turismo.

Além disso, Aruba é muito rica culturalmente, já que sua população local é uma mistura de mais de 90 nacionalidades, de 130 países que vivem em plena harmonia, criando uma feliz e autêntica mistura. E por conta de toda essa miscigenação, o povo arubiano conta com 4 idiomas oficias, o holandês, o inglês, o espanhol e o papiamento – uma mistura entre o espanhol, inglês, holandês, alemão, português e até hindu.

Já deu para sentir que essa viagem pode entrar na lista de top 5 da sua vida, não é?! Então vamos ao que interessa mesmo? Segue aqui todas as dicas de Aruba para você montar um roteiro completo.

O que fazer em Aruba:

Antes de começar com a nossa seleção, sugerimos você fazer os passeios em Aruba com a companhia de um guia local, seja passeios por terra, por mar, caminhadas e até atrações subaquáticas. O motivo é sempre o mesmo, essas pessoas te levarão para os pontos certeiros da ilha, com segurança e ainda irão explicando cada lugarzinho especial do destino.

Antilla: Esse é o maio naufrágio do sul do Caribe, e um do lugares mais cobiçados por mergulhadores do mundo todo. Um navio cargueiro alemão, que durante a Segunda Guerra Mundial foi naufragado propositalmente pela sua própria tripulação, que preferiu deixá-lo afundar abrindo suas válvulas, do que ser confiscado. O local serve como ponto de mergulho tanto de dia quanto a noite, e a empresa mais recomendada para fazer esse passeio inesquecível é a SE Fly n Dive.

Oranjestad: Conhecer a capital de Aruba é essencial na sua viagem, nomeada como ‘Huis van Oranje’ (Casa Laranja) – o nome da família real holandesa durante a colonização no ano de 1824 -, a cidade abriga a maioria dos edifícios do governo, muitos artistas de rua, os melhores lugares para fazer compras, construções tradicionais e prédios multicoloridos no estilo holandês, além da Plaza Daniel Leo, uma das praças mais conhecidas, com diversas lojas e edifícios pitorescos. Você pode fazer esse passeio junto com as empresas: Pelican Adventures ou a Segway Tours.

San Nicolas: Essa é outra cidade interessante para conhecer em Aruba. A segunda maior da ilha, é em San Nicolas que acontece o famoso Festival Carubbian, um show de cultura local, além de abrigar um dos pontos noturnos mais procurados, o Charlies Bar, que virou atração devido as diversas descobertas e histórias que são colocadas em suas paredes. A empresa El Tours Aruba pode te levar para fazer esse passeio.

Farol da Califórnia: Construído entre os anos de 1914 a 1916, o farol levou esse nome, devido ao navio a vapor Califórnia ter sido destruído em suas proximidades, em 1891. Ele possui mais de 30 metros de altura, e oferece uma vista deslumbrante em seus arredores. Diversas agências fazem esse tour, como por exemplo a EL Tours ArubaDe Palm Tours e a Trikes Aruba.

Velho Moinho: O moinho de vento construído em 1804 na Holanda é uma grande herança holandesa para Aruba, que foi desmontado, transportado e reconstruído em 1960. Além do moinho, há um bar e um restaurante delicioso para você aproveitar o passeio.

Torre Fort Zoutman e Rei Willem III: O Fort Zoutman é o prédio mais antigo de Aruba, construído em 1796, para a proteção contra piratas e inimigos. Já em 1868 foi construída a Torre Willem III junto ao forte, que serviu como o primeiro relógio público da ilha e também como um farol equipado com uma torre e lâmpada a gasolina, que posteriormente abrigou por quase um século diferentes organizações, como uma biblioteca, correios, prisão, departamento de polícia e escritórios do governo. Atualmente esse local serve como Museu Histórico e todas as terças-feiras acontece o Bon Bini Festival, com diversos atos folclóricos e comidas típicas.

Atrações naturais em Aruba:

  • Parque Nacional Arikok – cobre cerca de 18% da área total de Aruba;
  • Formações Rochosas de Casibari – localizadas no centro da ilha;
  • Ponte natural – formada naturalmente ao longo dos séculos pela força das ondas do mar, a ponte que se rompeu em 2005 havia 30 metros e estava a 7 metros acima do nível do mar;
  • Formações Rochosas de Ayo – localizadas a cerca de 3 km da Ponta Natural;
  • Santuário de Pássaros Bubali – um dos melhores lugares para observação de pássaros da ilha;
  • Passagem do francês – uma parte da estrada com árvores que formam uma espécie de arco;
  • Caverna Fontein – conhecida pelas suas pinturas rupestres indianas Arawak;
  • Seroe Arikok – um mirante dentro do Parque Nacional, perfeito para observar a vista panorâmica;
  • Grapefield – um local muito procurado amantes de esportes aquáticos e conhecido pelas suas grandes falésias;
  • Gruta de Guadirikiri – localizada dentro do Parque Nacional Arikok;
  • Dunas de areia – enormes dunas de areia localizadas perto do Farol Califórnia, na costa nordeste e no Parque Nacional Arikok;
  • Hooiberg – uma formação vulcânica que se eleva a 165 metros acima do nível do mar;
  • Piscina Natural – também localizada no Parque Nacional Arkok a piscina é protegida do mar agitado pelas rochas circundantes;
  • Fazenda de Borboletas – um jardim mágico repleto de borboletas tropicais do mundo inteiro;
  • Fazenda de Avestruzes – com mais de 80 animais, a fazenda fica na estrada para a Ponte Natural;
  • Seroe Jamanota – o ponto mais alto de Aruba, a 189 metros acima do nível do mar;
  • Lagoa Espanhola – conhecida por ser a única baía interior com uma vida marinha tão diversificada. Local muito procurado para a prática de snorkelig, vela, passeios de caiaque e pesca.

Melhores praias de Aruba:

  • Palm Beach – a mais procurada de Aruba, é lá que acontece todo o agito de hotéis, restaurantes próximos, lojas e uma ótima estrutura;
  • Baby Beach – um pouco distante do centro, essa praia é conhecida pelas suas águas do mar rasas, cristalinas e quentes, lembrando muito uma piscina;
  • Rogers Beach – próxima e muito parecida com a Baby Beach, essa é uma opção bem mais tranquila e quase sem estrutura;
  • Arashi Beach – uma praia quase sem infraestrutura, apenas sombreiros que são gratuitos e um estacionamento no local;
  • Eagle Beach – bem próxima de Palm Beach e muito parecida em questões de cenários naturais deslumbrantes, essa é uma ótima opção para quem prefere praias mais tranquilas e com menos agito;
  • Malmok Beach – localizada em uma região residencial, sem hotéis e restaurantes por perto, essa praia é praticamente deserta e sem estrutura, perfeita para quem quer aproveitar a natureza e o sossego.

Atividades para praticar:

  • Surf;
  • Surf paddle;
  • Excursões subaquáticas;
  • Pesca em alto mar;
  • Jet skis;
  • Jetlev;
  • Seabob;
  • Kitesurf;
  • Windsurf;
  • Caiaque;
  • Canoa;
  • Mergulho;
  • Snorkel;
  • Navegação;
  • Parasailing.

Vida Noturna:

Aruba tem a noite mais agitada de todo o Caribe. São inúmeras opções para todos os gostos, que vão desde grandes cassinos, bares, baladas até festivais conhecidos.

Cassinos:

Bares:

Baladas:

Melhores hotéis de Aruba:

Como chegar em Aruba:

A maneira mais fácil de chegar em Aruba é de avião, através do Aeroporto Internacional Rainha Beatrix, que fica na capital Oranjestad, porém não há voos direto saindo do Brasil, sendo necessário fazer conexão em Bogotá, Panamá ou Miami.

Quando ir para Aruba:

Por estar localizada próxima da linha do Equador, o clima em Aruba é perfeito para curtir as praias o ano inteiro, porém os meses entre maio a setembro são os mais recomendados, pois é a época mais quente e menos chuvosa.

Não recomendamos a alta temporada, que acontece entre o Natal e a Páscoa, ou nos meses de julho e agosto, devido à lotação da ilha e os preços mais altos.

É preciso saber…

  • Brasileiros não precisam de visto para entrar em Aruba, somente passaporte válido;
  • A moeda oficial é o florim porém na maioria dos lugares o dólar americano é aceito;
  • Alugar um carro para fazer os passeios por conta própria é uma boa opção, porém caso não queira, há diversas linhas de ônibus e até sistema de vans que ligam os principais pontos turísticos da ilha.
  • Aruba tem o segundo maior sistema de dessalinização do mundo, portanto a água, inclusive das torneiras, podem ser consumidas normalmente.

Tem mais dicas de Aruba para compartilhar com a gente? Deixe aqui nos comentários!!!

 

 

 

Tags:
Newsletter Inscreva-se na newsletter e receba gratuitamente todas as novidades do blog!

• Faça um comentário deste assunto •

Posts Relacionados