Conheça o Parque do Caracol em Canela

17 novembro, 2019
Autor: Redação

Localizada a 5 km de Gramado, também fazendo parte da Serra Gaúcha, Canela é mais uma opção incrível de ecoturismo no Brasil. Com atrações durante o ano todo, oferecendo muito contato com a natureza e atividades como caminhadas, cavalgada, escaladas e rafting, a cidade também ganha um grande destaque: o Parque do Caracol, que atrai mais de 2,5 milhões de turistas por ano.

Hoje viemos falar sobre esse passeio que é incrível para toda a família e dar dicas do destino de 40 mil habitantes que também faz parte da Rota Romântica da região.

Vamos lá?

Parque do Caracol:

Além de abrigar a maior cachoeira do Rio Grande do Sul, a Cascata do Caracol, o parque é um prato cheio para quem curte contemplar a natureza, com ar puro e muita mata intocada ao redor.

São 100 hectares de área, mas apenas 25 deles destinados aos turistas, oferecendo uma estrutura completa, com trilhas ecológicas que cortam a mata fechada, placas indicativas e o contato direto com a riquíssima fauna da região, onde pode-se ficar frente a frente com animais como quatis, cotias, graxains e até veados. Vale lembrar também, que é possível fazer uma visita autoguiada por especialistas do parque, onde escolhem os melhores trajetos para os turistas desfrutarem.

Atrações do Parque do Caracol:

Cascata do Caracol – Essa é a principal atração não só do parque, como da cidade de Canela, e um dos cartões postais mais conhecidos de toda a Serra Gaúcha. Com 131 metros de altura, a cascata pode ser observada de diversas maneiras, como através do observatório ecológico, pelo mirante na parte superior ou descendo a escadaria até a parte inferior.

Observatório Ecológico – O observatório na verdade é um elevador panorâmico, que sobe 27 metros de altura, nos levando a 700 metros acima do nível do mar, para termos uma vista panorâmica de todo o parque, inclusive da Cascata do Caracol. No elevador cabem até 120 pessoas por vez, e é uma atração incrível para levar toda a família. Para conhecer o local, é cobrada uma taxa extra.

Trilhas Ecológicas – Estruturadas e muito bem sinalizada, as trilhas do parque passam bem no meio da mata intocada, e ajudam os turistas a conhecer o parque de uma forma mais segura. As 6 trilhas são: Trilha do Arroio, Trilha do Moinho, Trilha do Silêncio, Trilha da Cutia, Trilha Velha e Trilhas Secundárias.

Mirante – Com uma visão bem parecida do Observatório Ecológico, o mirante do parque que é cercado e estruturado, fica posicionado a uma altura superior ao nível do parque. oferecendo uma vista privilegiada do Vale, de toda a mata nativa e da cascata. É incrível e vale muito a pena, para tirar fotos lindas.

Escada da Perna Bamba – Aqui está a escadaria que falamos, onde podemos observar a Cascata do Carol de baixo. São 730 degraus, equivalendo a 44 andares, e por isso, para encará-la, é indicada a pessoas com condicionamento físico preparado, pois para descer todo santo ajuda, mas para subir…Enfim, quem tiver a coragem, vale lembrar que no meio do caminho há alguns bancos para descanso e placas que mostram quantos degraus já foram percorridos e quantos ainda faltam. O desfio é grande, mas a recompensa de observar a cascata lá de baixo e ouvir o som da natureza, é maior ainda.

Estação Sonho Vivo – Por aqui podemos fazer um passeio de trem, em uma trilha de 800 metros de extensão, para conhecermos melhor a história da colonização da região sul do Brasil, que é narrada em um alto falante conforme o passeio vai acontecendo. O fim do trajeto acontece na Vila dos Imigrantes, uma pequena cidadezinha que foi montada para simbolizar como os imigrantes italianos viviam. Esse passeio também é cobrado a parte.

Centro Histórico Ambiental – Localizada em uma casa que foi construída nos anos 50, por aqui é possível entender e estudar melhor sobre história, geologia e fauna e flora da região da Serra Gaúcha e do parque.

Cascata do Caracol

Como chegar no Parque:

Há 3 opções de chegar ao Parque do Caracol, para quem já está em Canela:

  • Ônibus: A empresta Bustour oferece o transporte pelos principais pontos turísticos da Serra Gaúcha, incluindo o Parque do Caracol, onde você pode subir e descer do veículo em qualquer uma das suas 35 paradas do seu roteiro.
  • Carro: Para quem foi de carro, ou alugou um chegando na cidade, a distância entre o centro de Canela e o parque são de 7 km, e logo na entrada da cidade você encontra placas indicativas até a entrada do mesmo.
  • Táxi: É possível chegar ao parque de táxi também, e pode ser uma boa opção para que não alugou um carro ou preferem outras alternativas. Porém, é importante lembrar que a corrida pode sair um pouco salgada, já que os táxis de Canela não são nada baratos.

Vale a pena lembrar que…

  • A entrada de animais domésticos no parque é permitida, porém, eles devem fazer o uso de coleira e guia o tempo integral de sua estadia;
  • É possível admirar a Cascara do Caracol através de um teleférico, porém ele está localizado em outro parque;
  • Além de 15 churrasqueiras disponíveis, o parque também conta com restaurante e lanchonete.

É proibido:

  • Tomar banho no Arroio Caracol;
  • Entrar na mata fora das trilhas;
  • Entrar na água;
  • Alimentar os animais;
  • Tirar fotos dos animais com flash da câmera;
  • Coletar plantas;
  • Fazer fogueiras;
  • Jogar lixo fora das lixeiras.

O horário de funcionamento do parque é todos os dias, das 9h às 17h30, e o valor da entrada do parque é R$18 (Adultos), R$9 (pessoas acima de 60 anos) e R$9 (Crianças). Para mais informações, entre em contato através do telefone (54) 3278-3035.

Outros pontos turísticos de Canela:

Além do Parque do Caracol, Canela também conta com um leque grande de pontos turísticos incríveis, principalmente de passeios de ecoturismo, veja só:

  • Castelinho Caracol;
  • Fazenda Passo Alegre;
  • Model Circus;
  • Catedral de Pedra;
  • Floresta Nacional do Ibama;
  • Parque da Ferradura;
  • Mundo a Vapor;
  • Parque da Cachoeira;
  • Parque do Sesi;
  • Parque da Sequóias;
  • Parque das Corredeiras;
  • Parque Lage de Pedra;
  • Parque do Palácio;
  • Parque Fazenda da Serra;
  • Teleférico.

Onde comer em Canela:

Além de restaurantes com a gastronomia típica gaúcha, como um bom churrasco, arroz carreteiro, costela assada, espetos de carne e o matambre recheado, e as deliciosas gastronomias alemãs e italianas, que também é o forte da região devido a quantidade de imigrantes se colonizaram por lá, Canela também conta restaurantes divinos com pratos variados. Confira a lista que fizemos com alguns dos melhores restaurantes de Canela para você conhecer:

Augusta Bar & Café

Lugares para tomar um brunch em Canela:

Assim como Gramado, Canela também conta com lugares deliciosos para tomar um bom café colonial, principalmente durante o inverno, onde também oferecem sanduíches, tortas e sopas. Veja alguns lugares bacanas que selecionamos:

Quando ir a Canela:

São duas épocas do ano mais procuradas para visitar essa região, uma é durante o inverno, para os amantes do frio e até pela espera de geadas ou até neve, já que em Canela pode chegar a temperaturas abaixo de zero tranquilamente, quanto em dezembro, mais precisamente no Natal Luz, onde Canela e Gramado ficam lindamente iluminadas e decoradas durante a temporada. Vale lembrar também, que durante o verão, os termômetros da cidade podem atingir mais de 30ºC durante o dia, tempo perfeito para aproveitar as atrações do Parque do Caracol.

Como chegar em Canela:

Para quem opta por chegar em Canela de avião, o aeroporto mais próximo da cidade é o de Caxias do Sul, que está a 70 km de distância. Porém, existe uma outra alternativa, com um aeroporto mais estruturado e com mais opções de voos, que é o Aeroporto Internacional Porto Alegre Salgado Filho, que está a 115 km de distância.

Então, a partir de ambos os destinos, você pode ir até Canela, de ônibus, carro alugado ou transfer que o seu hotel ou empresas turísticas podem oferecer.

Onde se hospedar em Canela:

Hotéis em Canela:

Airbnb em Canela/Gramado:

Vila Suzana Parque Hotel

Animou? Então planeje agora mesmo essa viagem e não deixe de conferir o nosso post com dicas de Gramado.

Newsletter Inscreva-se na newsletter e receba gratuitamente todas as novidades do blog!

• Faça um comentário deste assunto •

Posts Relacionados