Conheça Nobres, no Mato Grosso e curta as suas paisagens naturais!

5 setembro, 2018
Autor: Redação

Muitas pessoas, ao ouvirem falar do Mato Grosso, logo pensam na capital Cuiabá. Porém, o estado brasileiro tem muito mais a oferecer, e o melhor de tudo? Ainda poucas pessoas a conhecem. Nobres, é o nome da cidade mato-grossense que oferece atrações inesquecíveis em contato direto com a natureza, sendo mais uma opção de ecoturismo no país.

Temos certeza que você vai se encantar. Vem com a gente!!!

Nobres, é um pequeno município, com um pouco mais de 15 mil habitantes, localizado na Região Metropolitana do Vale do Rio Cuiabá, a um pouco mais de 120 km de distância da capital. A cidade possui dois rios que a cruzam, o Serragem e o Nobres, ambos desaguam no rio Cuiabá. Essa também é uma área cortada por diferentes serras, como as Serras do Quebó e Furnas, as Serras de Santa e Cuiabazinho, Serra do Tomador, Caixa Furada, Serra da Quitanda e Serra da Canela.

Já da pra imaginar a quantidade de paisagens e beleza naturais que podemos encontrar nesse lugar, não é?! São inúmeras cachoeiras, grutas, lagoas com águas cristalinas, cavernas e uma diversidade incrível em sua fauna.

E para quem ama esse tipo de passeio, e principalmente explorar cada canto especial do nosso Brasil, continue aqui com as nossas dicas sobre Nobres, no Mato Grosso.

Passeios imperdíveis em Nobres:

Antes de começar, vale lembrar que quase todas as atrações estão em propriedades particulares, portanto, é necessário contratar alguma agência de turismo para realizá-las. Essas são algumas opções pela região: Bom Jardim, Rota das Águas e Roma.

Aquário Encantado: Localizado a 12 km da Vila Bom Jardim, – um distrito de Nobres-, essa é uma das atrações imperdíveis dessa região. O aquário conta com 2 flutuações, passando por 3 nascentes interligadas, o que acaba tornando-o um aquário natural. Além de proporcionar um momento totalmente ligado à natureza, por lá é possível observar diversos peixes e até arraias. Como o local está em uma propriedade particular, o passeio é feito em 1 hora e é cobrado uma taxa de R$ 75,00 para pessoas de a partir de 11 anos, R$ 37,00 para crianças de 6 a 10 anos e entrada free para crianças de 0 a 5 anos.

Reino Encantado: Também localizado na região do Bom Jardim, o Reino Encantando é um outro lugar para praticar a flutuação. Por lá, a água não é azulada como no aquário, porém a sua visibilidade é muito maior, e por isso, a observação de peixes e arraias é também muito mais possível. Além disso, conseguimos observar no local as mais de 600 nascentes do rio brotando no chão, é incrível!!! O passeio e os equipamentos são fornecidos por pessoas especializadas, e duram em torno de 1h30, sendo cobrado um valor de R$ 75,00 por adulto.

Rio Triste: Essa é mais uma opção para fazer a flutuação. Também com a cor da água azul cristalina, o Rio Triste é o local onde mais é possível observar arraias, além de inúmeras espécies de peixes, claro! O local é tão preservado, que é proibido qualquer indivíduo pisar em seu fundo e entrar na água após usar repelente ou filtro solar. O passeio é preciso ser feito com guias especializados, disponíveis em diversas agências de turismo. O valor sai aproximadamente R$ 75,00 por pessoa, incluso o colete salva-vidas, sandálias próprias e máscara com snorkel.

Gruta Duto do Quebó: Seguindo aproximadamente 2 km o fluxo do rio Quebó, está a gruta. Um túnel escuro, com 280 metros e alguns morcegos fazendo companhia. Com um auxílio de um guia, que também irá iluminar o seu caminho para observar as formações de calcários e as paredes, a gruta pode ser explorada tanto a pé, já que a água bate na altura dos joelhos mais ou menos, ou também de bóia cross. O valor desse passeio está aproximadamente R$ 65,00.

Balneário Estivado: Um ótimo lugar para almoçar e relaxar com a família toda. Ele está localizado bem próximo da Vila de Bom Jardim, e conta com uma espécie de prainha, formada por uma lagoa com diversas espécies de peixes, perfeita para mergulho. O lugar funciona das 9h às 17h, e conta com um quiosque que oferece almoço e petiscos. Para entrar no balneário, é cobrado um valor de R$ 15,00 por pessoa.

Cachoeira Serra Azul: Localizada na cidade vizinha, em Rosário Oeste, na área do Sesc Pantanal, essa cachoeira é outro passeio imperdível da região. Com uma queda d’água de 45 metros de altura, formando uma lagoa de águas azuis cristalinas, o local é propício para relaxar a atrair muitos peixes. Além de percorrer uma trilha, é preciso subir 470 degraus para chegar até o topo, e descer mais 130. Mas vale a pena o esforço, com tanta beleza natural que esse lugar oferece. Lembrando que para entrar na lagoa, o uso do colete salva-vida é obrigatório. Além disso, o tempo de permanência no local é limitado, que dura aproximadamente 1h30. E para quem quiser ir mais além na aventura, é possível percorrer uma tirolesa de 700 metros. A entrada para a cachoeira é cobrada R$ 70,00 e a tirolesa R$ 50,00 por pessoa.

Lagoa das araras: Esse é um lugar ideal para contemplar e admirar a natureza. O fim da tarde é o horário perfeito para ir até local, que está a 2 km da Vila Bom Jardim, isso porque além de aproveitar o pôr do sol, é ao entardecer que os milhares de pássaros de diversas espécies se reúnem nos buritis – uma espécie de palmeira típica da região -, que estão nos arredores da lagoa. É possível admirar araras, maritacas, papagaios e periquitos. Uma dica é levar um binóculo para poder enxergar melhor. Faça esse passeio entre 17h30 e 18h00. O valor cobrado para a entrada é de R$ 15,00 por pessoa.

Atividades:

  • Mergulho;
  • Flutuação
  • Caminhada;
  • Tirolesa;
  • Boia Cross;
  • Trekking.

O que levar?

  • Roupas leves para trilha;
  • Calçados próprios como tênis ou bota de trekking;
  • Chinelo;
  • Shorts;
  • Biquíni;
  • Toalha;
  • Boné;
  • Máquina fotográfica;
  • Binóculo;
  • Snacks;
  • Repelente;
  • Protetor solar;
  • Máscara e snorkel (não precisa comprar, pois muitos lugares disponibilizam para aluguel).

É importante lembrar: Tudo o que você levar para os passeios, traga de volta com você, nada de deixar nenhum tipo de lixo para trás, combinado?

Melhor época para ir a Nobres:

De dezembro a março acontece a época das chuvas, ou seja, os ricos de precipitações são maiores, porém são os meses que as vegetações estão mais verdes e os lagos e cachoeiras mais cheias. Nos outros meses do ano, em geral, Nobres costuma ser bem mais seco, o que facilita nos deslocamentos e passeios.

Onde ficar:

Como chegar?

O aeroporto mais próximo de Nobres está em Cuiabá. A partir de então, você deve alugar um carro ou pegar um ônibus – que conta com apenas 2 turnos por dia, levando uma viagem de 3h15 -, até o destino final, que está a um pouco mais de 120 km da capital. Para chegar até Nobres, é preciso pegar a Rodovia Emanuel Pinheiro, que liga também a Chapada dos Guimarães, no km 16. Então, você deve seguir as placas de Vila Bom Jardim e seguir mais 48 km até chegar no distrito.

Para circular nessa região, é recomendado alugar um carro particular ou contar com os translados disponíveis nas agências, que são pagos a parte.

Impossível não se apaixonar por esse lugar!!! Se você já foi para lá, conte pra gente as suas dicas também.

Até a próxima…

Tags: , , ,
Newsletter Inscreva-se na newsletter e receba gratuitamente todas as novidades do blog!

• Faça um comentário deste assunto •

Posts Relacionados