Pin TPO Tudo o que você precisa saber para conhecer Punta del Este

19 março, 2019
Autor: Redação

Já deu pra perceber que pra gente, qualquer destino é valido para aproveitar, né?! Gostamos de falar desdes lugares rústicos e simples, até cidades mais agitadas e modernas. Esse é o caso de Punta del Este, no Uruguai, onde podemos desfrutar de belíssimas praias e paisagens naturais, e ao mesmo tempo curtir os badalados beach clubs e bares da cidade.

Por aqui separamos tudo o que você precisa saber para montar o seu roteiro e embarcar para um dos lugares mais procurados da América do Sul. Continue com a gente e aproveite!!!

Localizada no departamento de Maldonado, no Uruguai, Punta del Este é a cidade mais procurada para turismo, do país, além de ser o balneário mais luxuoso de toda a América Latina, ficando na frente dos balneários: Cartagena das Índias na Colombia, Armação de Búzios e Camboriú, no Brasil, e por isso, o destino é muito procurado por viajantes que gostam de curtir praias badaladas, bares, casas noturnas e belíssimas paisagens em um clima perfeito.

Uma cidade divertida para todas as idades, mesmo Punta começando com seus agitos durante a tarde e sem hora para acabar, por lá também podemos desfrutar de diversos passeios ao ar livre, admirar o sol se por, aproveitar os pontos turísticos, se deliciar de uma gastronomia de primeira e até garantir algumas jogatinas nos diversos cassinos da cidade.

Confira aqui tudo o que você precisa para planejar essa viagem:

O que fazer em Punta del Este:

Casapueblo: Um dos pontos turísticos mais procurados dessa viagem é a Casapueblo, que mesmo estando em Punta Ballena, a 15 km de Punta del Este, é um passeio que todo mundo precisa fazer, principalmente se você ama admirar o sol se ponto. A antiga casa de veraneio do artista uruguaio Carlos Vilaró, atualmente serve como um museu, além de lojas, galeria de arte, hotel e restaurante. A construção tem muitas características da arquitetura grega o que a torna mais incrível ainda. Sugerimos conhecer o lugar no final do dia, pois além do pôr do sol divino, todos os finais de tarde é colocado em um auto falante, um poema escrito e narrado pelo artista plástico Vilaró, celebrando e agradecendo mais um dia.

Monumento Los Dedos: Também conhecida como a escultura da mão, ou como o Monumento aos Afogados, o local é também um cartão postal de Punta. Saindo da areia, a mão foi criada em 1982 pelo artista chileno Mario Irrazábel, para representar a presença do homem na natureza. A escultura fica na Parada 1 da Praia Brava, e pode ser visitada por todas as pessoas, a qualquer momento.

Conrad: Esse é um dos hotéis mais conhecidos da América do Sul, e por isso, vale a pena fazer uma visita a ele, pois mesmo você não estando hospedado, há um cassino bem legal por lá. E o melhor de tudo, não é cobrada a entrada e também não é obrigatório jogar, portanto, conhecer o Conrad de perto é uma experiência super legal.

Puerto Nuestra Señora de la Candelaria: A região do porto é super animada, os bares e restaurantes nos arredores são muito gostosos e estão sempre cheios. A dica é parar em algum deles, tomar um vinho e apreciar a vista do mar. Ah, e se você der sorte, pode ser que veja até lobos marinhos por ali.

Ponte Ondulada: A ponte que se chama Leonel Viera, não é bem um ponto turístico, mas é legal passar por lá para ver de perto essa construção de 3 ondulações, feita pelo engenheiro que nomeou o lugar, em 1965.

Cabo Polônio: Essa é uma pequena vila de pescadores, com pouca ou quase nenhuma estrutura, perfeita para quem quer relaxar e aproveitar o sossego, já que por lá encontramos apenas dunas, o mar e alguns leões e lobos-marinhos pelas ilhas. Como para acessar a praia é preciso passar pelas dunas, a dica imprescindível é ir com carro 4×4.

Fazenda Lapataia: É nessa fazenda que é produzido um dos melhores doces de leite do país, o grande forte do Uruguai. Além da visitação que é aberta ao público, esse é um passeio legal para curtir o lado mais rural da cidade, em contato direto com a natureza e dar uma pausa em toda agitação.

José Ignácio: Localizado a mais ou menos 30 km de Punta, José Ignácio é uma vila de pescadores, bem roots, que manteve o lado rústico da região. O destino é considerado hippie-chique, pois mesmo mantendo suas raízes, o local conta com diversas mansões, bons restaurantes e beach clubs animados nos arredores, e que por sinal, costumam lotar durante todo o verão. Por lá também podemos desfrutar do Farol de José Ignácio, que foi construído em 1877. Esse é um passeio indispensável.

#DicaTPO: Todos esses passeios podem tranquilamente ser feitos por conta própria alugando um carro ou até mesmo pegando os ônibus da COT ou da Copsa, que contam com linhas por diversos lugares da cidade e nos arredores. Porém, se ficar apenas poucos dias em Punta del Este, sugerimos contratar uma agência de turismo, para você não perder nada.

Outras atrações em Punta del Este:

  • Igreja Nossa Senhora da Candelária;
  • Hotel L’auberge;
  • Museo del Mar;
  • Museu Ralli;
  • Avenida Gorlero;
  • Beverly Hills;
  • Calle 20;
  • Ilha de Lobos;
  • Ilha Gorriti;
  • La Barra;
  • Plazoleta Grã-Bretanha;
  • Praça General Artigas;
  • Rambla General José Artigas;
  • Piriápolis;
  • Cassino Nogaró;
  • Cassino Mantra.

Plazoleta Grã-Betanha

Melhores praias de Punta del Este:

  • Praia Bikini – localizada em Manantiales, essa é uma praia bem agitada e cheia de gente bonita;
  • Praia Brava – a preferida dos surfistas;
  • Praia de La Barra – em La Barra, essa praia é perfeita para ir com a família;
  • Praia Los Ingleses – mais tranquila e sem muita estrutura para turistas;
  • Praia Mansa – banhada pelo rio da Prata;
  • Praia Montoya – também em La Barra, Montoya é agitada e também procurada por quem pratica esportes aquáticos.

Vida Noturna em Punta del Este:

Por ser o balneário mais conhecido da América do Sul, festa é o que não falta por aqui. Cada verão que entra, há novos bares, baladas, beach clubs e restaurantes para desfrutar, bem no estilo Ibiza mesmo. O agito começa desde cedo, com muitas muita música, dj’s, salsas, bebidas, comidas e gente bonita, e só termina quando o sol nasce. Portanto, as opções são inúmeras, mas já deixando avisado que infelizmente os preços não são nada baixos. Além disso, vale lembrar que a noite na cidade costuma começar mais tarde, com jantares entre 22h e 23h e baladas lotando só depois das 2 da manhã. Deixaremos aqui algumas opções do que tem de melhor na vida noturna de Punta:

Hospedagens em Punta del Este:

Hotéis de Luxo em Punta del Este:

Hotéis mais acessíveis em Punta del Este:

Hostels em Punta del Este:

Quando ir a Punta del Este:

O verão, que acontece nos mesmos meses que no Brasil, é a melhor época para curtir Punta del Este, o motivo é obvio, não é?! Nessa época todos os hotéis, baladas e restaurantes estão abertos, o céu sem nuvens e muita gente pela cidade. Porém, vale lembrar que mesmo nessa alta temporada, as temperaturas não são tão quentes, tendo uma temperatura média de 20°C e bastante vento, portanto a nossa dica é colocar alguns casaquinhos nessa mala.

Como chegar em Punta del Este:

A maneira mais comum de chegar em Punta, é através do Aeroporto Internacional C/C Carlos A. Curbelo também conhecido por Internacional de Laguna del Sauce localizado em Maldonado, que recebe diversos voos diretos do Brasil. Porém, vale lembrar que muitas companhias aéreas fazem esse trajeto apenas durante o verão, portanto se você fizer essa viagem fora da alta temporada, fique de olho nos voos e tenha como segunda opção a conexão em Montevidéu, que conta com um aeroporto moderno e estruturado, e então partir para Punta del Este.

Gostou das dicas? Compartilhe com a gente suas sugestões de Punta também.

Até o próximo destino!

Newsletter Inscreva-se na newsletter e receba gratuitamente todas as novidades do blog!

• Faça um comentário deste assunto •

Posts Relacionados