Pin TPO Paris: dicas essenciais para conhecer a Cidade Luz

6 dezembro, 2018
Autor: Redação

Paris, uma das cidades mais românticas e encantadoras que existem no mundo, carrega uma bagagem histórica enorme, é riquíssima em cultura, está no top five como melhor gastronomia do planeta, oferece passeios ao ar livre para todas as épocas do ano e muitos outros segredos que iremos desvendar. Quem é que não sonha em ir para Paris, não é mesmo?

Estávamos ansiosas para falar sobre a cidade luz por aqui, e passar dicas importantes para vocês terem experiências inesquecíveis para o resto da vida. Nos acompanhe, pois o post está incrível!

Uma das cidades mais famosas do mundo, Paris, que conta com mais de 2 milhões de habitantes, é a capital da França, da região administrativa da Ilha de França e do mundo francófono – países e governos unidos pela língua francesa, além de ser um grande polo econômico, político e comercial do país, onde grandes negócios de finanças e da bolsa de valorem acontecem.

A cidade que está entre os confluentes do Rio Marne e do Rio Sena rio acima e do Oise e do Sena rio abaixo, também tem um grande papel em suas redes ferroviária, rodoviária e aeroportuária, sendo importante para a Europa toda, já que muitas vezes serve como um elo para outras cidades do continente.

Paris é muito conhecida por sua bagagem histórica, sendo um símbolo da cultura francesa, e também pela sua forte influência no mundo da moda e no mercado de luxo. E é por esses e outros mil motivos, que a cidade luz atrai aproximadamente 30 milhões de turistas vindos do mundo inteiro, por ano.

A cidade é tão incrível, e com tanta dica boa para passar, que decidimos separar esse post em duas partes, para não correr o risco de ficar nada para trás. Por aqui você vai ficar por dentro de quais são as principais atrações turísticas, os melhores museus para ir, parque e jardins, parques de diversões e saber como Paris é dividida

Confira!!!

Atrações turísticas imperdíveis de Paris:

Antes de mais nada, colocaremos por aqui quais são os lugares que você não pode deixar de ir em Paris, e falaremos um pouco de cada um deles. Colocamos em evidência para vocês não deixarem ir mesmo, combinado? Vamos lá então:

Torre Eiffel: Quem duvidava que a torre mais famosa do mundo iria ser a nossa primeira sugestão? Não tem jeito, ir a Paris e não chegar perto da Torre Eiffel, é praticamente um pecado, hahah brincadeiras a parte! A torre foi construída em 1889, com 325 metros de altura e 1.665 degraus, e pode ser vista de inúmeros pontos da cidade. O grande símbolo do país, está aberto todos os dias, conta com diversos restaurantes maravilhosos nos arredores e pode ser visitada por dentro, até o seu topo.

#DicasTPO: Se você quiser subir na Torre Eiffel, sugerimos entrar no site oficial Tour Eiffel, para comprar o ticket antecipadamente, caso contrário, você pegará filas enormes para fazer esse passeio.

Museu do Louvre: O maior, o mais conhecido e procurado museu do mundo, o Louvre é outro ponto imperdível de Paris. Ele foi inaugurado no ano de 1793, e conta com um acervo com mais de 380 mil objetos, recebendo aproximadamente 9 milhões de visitas por ano. Por lá estão a Mona Lisa, a estátua Vênus de Milo, e outras centenas de obras de grandes artistas como Michelangelo, Rembrandt, Leonardo da Vinci e Van Gogh. Lembre-se de chegar cedo para evitar a enorme fila e aproveitar ao máximo o museu.

Catedral Notre Dame: Localizada no centro de Paris, o lugar em que viveu Quasímodo, do Corcunda de Notre Dame, do conto escrito pelo francês Victor Hugo, foi construída há 700 anos e marcou grandes fatos históricos, como por exemplo a coroação de Napoleão Bonaparte. Atualmente, a catedral que recebe mais de 10 milhões de turistas todos os anos, é considerada como o Marco Zero de Paris, onde são marcadas todas as distâncias geográficas do país. Não é cobrado para visitar Notre Dame, ao menos que você queira subir em uma de suas torres para observas a linda vista de Paris.

Arco do Triunfo: Considerado um marco na história francesa e um símbolo do império, o Arco do Triunfo foi construído no ano de 1806, aos mandos de Napoleão Bonaparte. É aos seus pés que está o Túmulo do soldado desconhecido, – os monumentos erguidos em 1920 para homenagear os soldados que morreram e não tiveram seus corpos identificados, na Primeira Guerra Mundial -, além disso, nas paredes do arco estão gravados nomes de centenas de militares que lutaram ao lado de Napoleão. O lugar é imperdível e ainda oferece uma visita ao seu topo, oferecendo uma paisagem única da cidade.

Melhores museus de Paris:

Como falamos, a cidade é muito rica culturalmente, portanto, museu é o que não falta em Paris. Fizemos uma lista com os principais deles para você visitar:

  • Museu do Louvre;
  • Centro Georges Pompidou;
  • Museu Quai Branly;
  • Musée D’Orsay;
  • Palácio do Descobrimento;
  • Grand Palais;
  • Petit Palais;
  • Museu de Artes e Ofícios;
  • Museu Nacional de História Natural;
  • Museu L’Orangerie;
  • Museu Picasso;
  • Museu Montmartre;
  • Museu Guimet;
  • Museu da Idade Média;
  • Museu de Arquitetura e Patrimônio;
  • Fundação Louis Vuitton;
  • Museu de Arte Moderna;
  • Museu Rodin;

Parques e Jardins de Paris para visitar:

Além dos parques e jardins da cidade serem belíssimos, muitos moradores locais os frequentam para aproveitar a natureza e praticar atividades ao ar livre, principalmente durante o verão, onde muitos até estendem suas cangas e aproveitam o sol.

Parque de diversões em Paris:

Os parques de diversões são muito conhecidos em Paris, sendo opções de passeios inesquecíveis para a família inteira.

  • Disneyland Paris;
  • France Miniature;
  • Le Jardin des Tuileries;
  • Como andar por Paris:
  • iFly Paris;
  • FlyView;
  • Jardin d’Acclimatation;
  • Parc Astérix;
  • Playmobil Funpark;
  • Aquaboulevard de Paris.

Como Paris é divida?

Paris é dividida por arrondissements – regiões e pequenos bairros -, que basicamente ordena toda a cidade, em um formato de “carocacol” que começa no centro, bem nas margens do Rio Sena e vai rodeando até as regiões periféricas. Os arrondissements são numerados do 1 ao 20. Separamos por aqui alguns dos mais importantes e o que podemos encontrar em cada um deles:

1º Arrondissement: Onde estão diversos pontos turísticos importantes, lojas de souvenirs e um dos melhores lugares para admirar o Rio Sena.

  • Musée du Louvre;
  • Jardin des Tuileries;
  • Palais Royal – a antiga sede do poder real;
  • Musée de l’Orangerie;
  • Galerias Jeu de Paume-Nacional;
  • Hotel Hitz;
  • Place Vendôme;
  • La Comédie Française;
  • Capela de Sainte-Chapelle;
  • Forum les Halles;
  • Eglise Saint-Eustache;
  • Pont Neuf;
  • Pont des Arts.

2º Arrondissement: Não muito conhecido, mas é nessa região que você irá se sentir como um local em Paris, andará pelas ruas mais agitadas, bares lotados e restaurantes onde os parisienses costumam frequentar.

  • Bolsa de Valores de Paris;
  • Passage des Panoramas;
  • Rue Montorgueil;
  • Galerie Vivienne;
  • Passage des Panoramas;
  • Bibliothèque Nationale de France – Biblioteca Nacional de França;
  • Le Grand Rex – o cinema histórico, clube e sala de concertos.

3º Arrondissement: Próximo ao coração da cidade, nessa região há uma mistura de tranquilidade com agito. É lá também onde está o boêmio Bairro Marais, com uma rua com diversos restaurantes, lojas, artistas de ruas e muitos turistas.

  • Museu Carnavalet;
  • Museu Picasso ;
  • Museu dos Arquivos Nacionais – Hotel de Soubise;
  • Musée des Arts et Métiers (Museu do Ofício);
  • Musée de la Poupée (Museu das Bonecas).

4º Arrondissement: Muito procurado por turistas, o Bairro Marais assim como o 3º, também pertence ao 4º arrondissement, onde há também diversos cafés, boutiques de estilistas independentes, artistas de rua e muitos estudantes.

  • Catedral de Notre Dame;
  • Museu Nacional de Arte Moderna;
  • Hotel de Ville – Câmara Municipal de Paris;
  • A Ile de la Cité – Ilha natural sobre o Sena;
  • Place des Vosges;
  • Place de la Bastille – que também faz parte dos arrondissements 4, 11 e 12;
  • Livreiros do Rio Sena.

5º Arrondissement: Conhecido como a região universitária, de bares e cafés animados, um bairro intelectual e latino, por abrigar o famoso bairro Quartie Latin (englobando também uma parte do 6º).

  • A Universidade Sorbonne;
  • Panthéon;
  • Place Saint-Michel;
  • Jardin des Plantes – Jardim Botânico;
  • Grande Galeria – Museu de História Natural;
  • La Grande Mesquita de Paris;
  • Institut du Monde Arabe.

6º Arrondissement: A região é muito conhecida e frequentada por artistas e escritores parisienses renomados. É também o lugar que reúne grandes boutiques de designers hypados, galerias e lojas de móveis antigos.

  • Jardim de Luxemburgo;
  • Saint-Germain des Prés;
  • Igreja de Saint-Sulpice;
  • Café Les Deux Magots e Café de Flore – um antigo ponto de encontro de artistas e escritores;
  • Le Procope – o café mais antigo de Paris;
  • Hotel Lutetia.

7º Arrondissement: Um dos mais procurados, turísticos e famosos arrondissement, por isso é onde estão os estabelecimentos mais caros como; lojas, restaurantes e hotéis. Por lá também é o ponto de partida dos passeios de barco.

  • Torre Eiffel;
  • Trocadero;
  • Champ de Mars;
  • Musée d’Orsay;
  • École Militaire;
  • Museu Rodin;
  • Le Bon Marché (loja de departamentos tradicional em Paris;
  • Hôtel des Invalides – um complexo de ex-militares, onde está enterrado Napoleão Bonaparte;
  • Museu de Quai Branly.

8º Arrondissement: Está a Champs Elysées, a avenida mais conhecida de Paris, com seus cafés lotados e mesas pelas calçadas. Por aqui também estão as lojas de luxo mais renomadas da cidade, como por exemplo a maior Louis Vuitton do mundo.

  • Avenue des Champs-Elysées;
  • Arco do Triunfo;
  • Lido – Show de cabaré Parisiense na Champs Elysées;
  • Grand Palais;
  • Petit Palais;
  • Hotel de Crillon – um dos mais antigos hotéis de luxo de Paris;
  • The Crazy Horse – um dos Cabarets mais conhecidos da cidade, frequentemente estrelado por Dita von Teese;
  • Museu Jacquemart-André;
  • Parc Monceau.

9º Arrondissement: Uma região épica, conhecida pela Belle Époque, com lojas tradicionais, elegantes galerias, teatros famosos, ruas residenciais e o local onde está a loja conceito da Repetto.

  • Galeries Lafayette;
  • Opera Garnier – uma ópera histórica de Paris;
  • Museu de Cera Grevin;
  • Printemps;
  • Grands Boulevards;
  • Olympia Theater e Concert Hall – conhecido pelas performances de Edith Piaf;
  • Fragonard Musée du Parfum – Museu do Perfume.

Está deslumbrado? Isso não é nem a metade do que Paris pode nos oferecer. Por isso, semana que vem faremos a segunda parte com mais sugestões e dicas sobre a Cidade Luz, não perca!!!

Newsletter Inscreva-se na newsletter e receba gratuitamente todas as novidades do blog!

• Faça um comentário deste assunto •

Posts Relacionados