Pin TPO Observação de aves com a Canindé Birdwatching

15 junho, 2020
Autor: Redação

Não é segredo para ninguém que a vida selvagem nos atraem demais, principalmente quando ela está ligada à viagens. O turismo de observação de animais cresce a cada dia e nos possibilita a conhecer de perto e ajudar efetivamente os diferentes e ricos habitats que o Brasil e o mundo oferecem. Hoje viemos falar sobre a observação de aves, através do Canindé Birwatching, uma empresa super bacana para você conhecer.

Continue com a gente e se surpreenda!

Conteúdo destinado para adultos de 21 a 59 anos

Carregando o lema “Mais que Aves” a Canindé Birdwatching foi criada no ano de 2010, para promover o turismo de observação animal, mais especificamente as de aves, em diversos pontos da nossa gigante e rica Mata Atlântica.

De uma maneira muito criativa e atraente, a empresa montou diferentes tours temáticos, pelos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia, explorando de um jeito mais cuidadoso e respeitoso possível as espécies características de cada um desses lugares.

Além disso, a empresa também tem o objetivo de promover o turismo ecológico sustentável, o que é muito importante, e tratar de assuntos sobre a Educação Ambiental, através da observação de aves, em diversas instituições.

Seus projetos são sérios, importantes e completos para quem deseja embarcar nessa aventura, onde eles disponibilizam todos os detalhes dos destinos, as características dos ambientes e das espécies a serem observadas. Além de informar sobre a dificuldade de cada tour e quantos dias serão cada jornada.

Vamos explicar melhor como são esses projetos:

Projetos do Canindé Birdwatching:

Receptivo ao Turismo de observação de aves:

Com muitos adeptos no mundo todo, o turismo de observação de aves, que também faz parte do ecoturismo, abrange os apreciadores e fotógrafos, que desejam contemplar diferentes espécies de aves e seus habitats naturais. Além da observação, os amantes da práticas buscam pelo descobrimento de novas espécies e admirar de perto espécies raras de aves – sendo levado em conta o local, roteiro, guias e hospedagens para determinado objetivo -.

Dentro desse projeto, é levado em conta também o atendimento especializado de cada local, os atrativos ligados à avifauna, o artesanato local, as atividades culturais que o destino oferece e as suas áreas naturais protegidas.

É importante lembrar, que tanto o ecoturismo quanto o turismo de observação devem seguir os conceitos de mínimo impacto, além de benefícios como educação ambiental, crescimento de economia e conhecimento da cultura ao terminado local que é explorado. E isso é exatamente o que a Canindé faz e se preocupa, avaliando cada hospedagem, destino e unidades de conservação.

Logo, os maiores objetivos desse projeto, são:

  • Fornecer roteiros com suporte para a observação de aves;
  • Fornecer o conhecimento de espécies, com fotos e informações técnicas;
  • Preparar atividades ligadas ao ecoturismo, para os turistas;
  • Habilitar os guias dos tours de observação, através de workshops e oficinas dinâmicas.

Educação Ambiental com projeto LibertAves:

Com o maior objetivo de capacitar e emancipar professores, através da educação ambiental, falar sobre a importante pauta que é o tráfico de aves ou a suas capturas “esportivas” que infelizmente acontece mais do que imaginamos.

Essa conscientização acontece através de dinâmicas, palestras, artes visuais e cênicas, que mostram os impactos ambientais que essa terríveis práticas causam. Além disso, o projeto trabalha com o intuito de aproximar e unir os gestores das diferentes Unidades de Conservação nas quais trabalham, com as comunidades locais. Sendo uma ponte facilitadora para essas ações acontecerem.

Turismo pedagógico:

A Canindé Birdwatching tem não só como objetivo mas também um projeto, de promover o Turismo Pedagógico para estudantes dos diversos destinos onde atuam, utilizando da observação animal, uma maneira de sensibilizar jovens e crianças, além de ensinar na prática e de uma maneira muito mais atraente a importância das aves para o meio ambiento e mundo.

Mas você deve estar se pergunto, o que é exatamente turismo pedagógico, não é?! Explicaremos então!

O mundo e o Brasil sofre uma constante crise ambiental, que é causada por diversas maneiras e vindas de diferentes causas, mas basicamente o que muita gente já sabe, por exemplo: o desmatamento, a caça, as queimadas, industrialização de cidades e por aí vai, porém, em muitos caso, infelizmente esses problemas sociais são muito pouco abordados nas escolas – caso contrário muitas instituições acreditam que com a maior conscientização, bem menos incidências como essas aconteceriam.

Portanto, através de políticas públicas e como medidas de conservação, algumas instituições de ensino querem formar alunos cientes desses problemas sócio-ambientais, inserindo em suas atividades extraclasses, o turismo pedagógico.

Não é incrível?!

Lugares de atuação:

  • Angra – RJ
  • Área de proteção ambiental de Maricá – RJ
  • Mona das Ilhas Cagarras  – RJ
  • Parque Estadual da Costa do Sol – RJ
  • Parque Estadual da Serra da Tiririca – RJ
  • Carmo – RJ
  • Boa Nova – BA
  • Fazenda Miramar – BA
  • Fazenda Provisão – BA
  • Parna do Pau Brasil – BA
  • RPPN Estação Veracel – BA
  • RPPN Pedra do Sabiá – BA
  • RPPN Rio Capitão – BA
  • Poções – BA
  • Parque Estadual da Serra do Conduru – RJ
  • Parque Estadual dos Três Picos – RJ
  • Parque Nacional da Serra dos Órgãos – RJ
  • Pico da Caledônia – RJ
  • Reserva Ecológica de Guapiaçu – RJ
  • Sítio Rosemery – RJ
  • Cananéia – SP

Birding Tours:

Aqui são roteiros que a Canindé faz, por diversos dias e lugares, oferecendo para as pessoas uma imersão incrível com os animais em seus habitats naturais. Veja só quais são esses tours:

Sítio Virtuoso Birdwatching:

O Canindé Birdwatching também possui uma propriedade localizada no distrito de Palmital, em Nova Friburgo – Região Serrana do Rio de Janeiro. São 50 hectares de área, onde mais de 90% do seu território é Mata Atlântica.

Por lá, foram feitas diversas trilhas para as pessoas poderem caminhar entre mirantes, taquarais, palmitais, matas de encostas e planaltos, oferencendo diferentes experiências para a observação das aves, onde foram instalados 4 comedouros para atrair as diferentes 171 espécies que vivem nessa região da Mata Atlântica.

Demais, não é?! Para entrar em contato e agendar o seu roteiro de observação, é só clicar aqui.

E para conferir outras dicas do Tá Por Onde sobre observação animal, é só entrar aqui! 

Até breve!

Tags: , ,
Newsletter Inscreva-se na newsletter e receba gratuitamente todas as novidades do blog!

• Faça um comentário deste assunto •

Posts Relacionados