Pin TPO Ilhas Gili: dicas essenciais para um dos melhores lugares da Indonésia

17 janeiro, 2019
Autor: Redação

Todo mundo sabe que a Indonésia é um lugar único no mundo, e suas paisagens naturais e praias paradisíacas fazem qualquer um se apaixonar pelo destino. Mas um lugarzinho ainda mais especial do país, que pode entrar agora mesmo pra sua “triplist” são as Ilhas Gili. Já ouviu falar? Então fique por aqui e explore mais um paraíso na Terra!

Um arquipélago formado por 3 ilhas, as Ilhas Gili estão localizadas entre a costa noroeste de Lombok, na Indonésia e Bali. O local tem menos de 4.500 habitantes, onde em sua maioria é muçulmana. As três ilhas são: Gili Trawangan – Também conhecida como Gili T, a maior, mais famosa e mais bem preparada para receber turistas, é lá também onde vivem a maioria dos habitantes -. Gili Air – Um pouco mais tranquila que a ilha principal, mas ainda assim é possível desfrutar de lugares mais agitados. Gili Meno – Essa é a ilha mais recomendada para quem quer tranquilidade total, Gili Meno é o lugar mais deserto das 3 ilhas.

São apenas 15 km quadrados de área, e como forma de preservação, tanto da natureza quanto do clima “roots”, é proibido por ordem local, automóveis e tráfego motorizado pelas ilhas. As opções para desbravar esse paraíso é caminhando, bicicleta e charrete, que são chamadas de “Cidomo”.

O que fazer nas Ilhas Gili?

A primeira coisa é simplesmente desconectar, relaxar e aproveitar ao máximo tamanha beleza natural. Mas claro, há algumas atividades para realizar, como por exemplo: snorkel, mergulhar com cilindro em alguns dos 25 pontos de mergulho espalhados pelas ilhas, e observar de perto a rica vida marinha, como tartarugas, tubarões, arraias e diversas espécies de peixes. Aproveitar as praias que parecem cenários de filmes e explorar cada cantinho do lugar em uma bicicleta (24h de aluguel de bicicleta custam em torno de Rp 50.000, aproximadamente R$ 13,00).

Não deixe de fazer:

  • Visitar a parte subterrânea de Trawangan, que foi ocupada por japoneses na Segunda Guerra Mundial;
  • Passear de barco pelas três ilhas, com paradas para snorkeling;
  • Aproveitar as principais praias e pontos de snorkeling: Goodheart e North Beach;
  • Descansar nos puffs de um dos beach club’s;
  • Comer comida indonésia no Night Market;
  • Ir em uma festa em um barco;
  • Ver o pôr do sol no Ombak Sunset ou em algum bar no lado oeste de Gili Trawangan;
  • Fazer um curso de mergulho;
  • Relaxar nas deliciosas massagens indonésias, por um excelente preço;
  • Mergulhar com tartarugas e tubarões;
  • Comer frutos do mar saborosos e frescos.

 Vida Noturna nas Ilhas Gili:

Ao contrário do que muitos pensam, a noite é bem animada nas ilhas, principalmente na Gili T, onde cada dia da semana tem um estabelecimento oferecendo uma festa. As melhores opções são o Tir na Nog um Irish Bar, o Sama Sama e o Blue Marlin. Porém, é válido também, caminhar pela rua principal e ver o lugar que mais te agrada.

Onde comer:

Como a população da indonésia é formada por mais de 300 grupos étnicos diferentes, a sua culinária local conta com características e ingredientes de diversos lugares, como pratos chineses, indianos, árabes e europeus em geral, sendo o seu principal alimento o arroz, que está em quase todas as receitas e refeições. Além disso, há também bastante peixe, frango, legumes e especiarias, como leite de coco e pimenta.

Como chegar?

Há duas maneiras de chegar nas Ilhas Gili:

  1. Barco Rápido: Saindo de Padang Bai, em Bali, esse barco demora apenas 1 hora até o local escolhido em Gili, que na baixa temporada custa aproximadamente R$ 70,00 por pessoa e na alta temporada, aproximadamente R$ 140,00 por pessoa, só ida.
  2. Barco Devagar: Também saindo de Padang Bai, essa opção demora cerca de 7 horas para chegar em Gili, porém o preço é bem mais baixo, R$ 37,00 por pessoa na baixa temporada e R$ 47,00 na alta, também só ida.

Para curtir todos os cantos das ilhas, o recomendado é ficar no mínimo de 2 à 4 noites em Gili. Lembrando também, que o transporte usado de uma ilha pra outra é barco, que pode ser tanto o particular, quanto a balsa pública ou o speedboats, que fazem o trajeto diversas vezes ao dia, em determinados horários.

Quando ir para Ilhas Gili?

As estações do ano na Indonésia são iguais as do Brasil, por estar localizada no Hemisfério Sul, além disso o nosso clima é muito parecido com o de lá, mas com menos calor. A temperatura média anual é de 27ºC, porém as chuvas acontecem mais entre os meses de dezembro a março. Já os meses mais secos são entre julho e setembro, porém como julho, agosto (os meses de inverno) e o verão inteiro, é a época da alta temporada, ou seja, preços mais altos, filas e muita gente, os meses que mais indicamos visitar esse paraíso é maio, junho e setembro, datas que não há muitas chuvas e nem preços tão altos.

Hotéis nas Ilhas Gili:

O melhor lugar para se hospedar é na Gili T, que oferece hospedagens para todos bolsos, que vão desde hotéis mais rústicos até resorts estruturados. Veja só as melhores opções:

Resorts em Gili Trawangan:

Pousadas em Gili Trawangan:

Hostels em Gili Trawangan:

Malas prontas? As nossas estão! Estamos deslumbradas com esse lugar…

Newsletter Inscreva-se na newsletter e receba gratuitamente todas as novidades do blog!

• Faça um comentário deste assunto •

Posts Relacionados