Parque Nacional de Komodo: Como ir, O que fazer e Quando ir!

9 abril, 2018
Autor: Redação

Esse é mais um daqueles destinos que é quase impossível de mensurar a tamanha beleza natural. Literalmente do outro lado do mundo, está é a terra dos dragões, o tão impressionante Parque Nacional de Komodo.

Por aqui contaremos todas as nossas dicas de como chegar, quando ir e o que fazer nesse lugar tão incrível do globo. Entre aqui e se inspire também!

Localizado em Tenggara, na Indonésia, o Parque Nacional de Komodo, foi considerado uma das novas 7 Maravilhas do Mundo, e é mais um dos 8 lugares do país classificado como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO, desde 1991.

Com uma área total de 1.733 km², o Parque que foi estabelecido em 1980, com o objetivo de proteger o habitat em que vivia o tão conhecido Dragão de Komodo – sendo o único lugar do mundo que é possível ficar cara a cara com o animal,- além de sua importante floresta e recifes de coral. Sua formação é dividida em 3 ilhas: A Ilha de Komodo, a Ilha de Rinca e a Ilha Padar.

E ao contrario do que muitos pensam, observar os dragões não é a única atração do parque, nessa região podemos desfrutar de diversas praias paradisíacas, sendo algumas delas as mais bonitas da Indonésia, como as de areia rosa por exemplo. Além disso, podemos admirar diversas espécies de animais silvestres que habitam na região, como: veado-de-timor, dudongos, jamantas, pelos menos 14 espécies de baleias, tartarugas, golfinhos, aproximadamente 260 espécies de corais, esponjas e mais de 1000 espécies de peixes. Sem falar em sua rica vida marinha, que faz parte dos Triângulos dos Corais, e possuem algumas das biodiversidades marinhas mais ricas do mundo, com mantas de ervas, mangues, recifes, montes submarinos e baías semi-fechadas. Um verdadeiro paraíso, não é?!

Nesse post faremos diferente, antes de compartilharmos os melhores pontos turísticos, achamos mais importantes falar como chegar até Komodo, e quantos dias são necessários para aproveitar tudo.

Como chegar na Ilha de Komodo? E quantos dias preciso ficar?

4 dias inteiros são o suficientes para você aproveitar as ilhas, seja para observar os animais, admirar o pôr do sol que é imperdível, conhecer algumas praias e praticar atividades como o mergulho por exemplo.

Já para chegar até elas, tanto para poder observar de perto os dragões quanto para fazer as outras atrações, o destino inicial é Labuan Bajo, na Ilha de Flores – uma comunidade de pescadores, que além de servir como ponto de partida de diversos passeios, é lá que ficam algumas agências de turismo, hotéis, restaurantes e etc.

Para chegar até lá, você provavelmente vai estar em Bali, que conta com mais ou menos 4 vôos diários até o destino. Então, pegue um deles até o aeroporto de Komodo, que está a 1 km de Labuan Bajo – que é pequena e facilmente circulada a pé.

Uma outra opção é chegar através de barco, porém é um trajeto mais demorado e um pouco perigoso, já que as condições marítimas não são tão boas para fazer a travessia.

Principais atrações no Parque Nacional de Komodo:

  • Observar os Dragões de Komodo – São mais de 5 mil animais, que estão distribuídos por toda a área. Vale lembrar que os dragões não são inofensivos, já que sua mordida é capaz de matar um ser humano devido a infecção que ela transmite. Além disso, eles são animais carnívoros, que comem macacos, búfalos e cervos por exemplo, portanto nossa sugestão é tomar cuidado e estar sempre próximo de guias especializados;
  • Fazer mergulho e snorkel pelas águas cristalinas;
  • Conhecer pelo menos uma das 22 praias de areia rosa;
  • Diariamente acontece na Ilha Pulau Kalong a migração de morcegos raposas gigantes (flying foxes), pra uma outra ilha, bem na hora do pôr do sol. Como essa é a maior espécie, podendo chegar até 1,50m, vale a pena observar o vôo deles combinado com a paisagem;
  • Curtir um spa com massagens tradicionais em Labuan Bajo;
  • Fazer passeios de barcos e escunas.

Onde ficar?

Há algumas opções diferentes de se hospedar:

Passar a noite em um barco:

Como você precisa de no máximo 4 dias para aproveitar as atrações do parque, muitas pessoas fecham o tour de barco que varia de 2 a 4 dias, pernoitando por lá mesmo. Há tanto embarcações de luxo quanto mais simples. Veja algumas sugestões de embarcações que fazem esse serviço:

Se hospede em embarcações no Parque Nacional de Komodo

Dormir em bangalôs:

Muito procurada pelos turistas mais aventureiros, no Parque temos a oportunidade de passar a noite em um camping. São 12 bangalôs simples porém muito confortáveis, montados na areia. Já pensou acordar olhando para o mar? E admirar o pôr do sol direto da sua cabaninha? Essa é uma opção perfeita para quer aproveitar ao máximo a natureza, com um toque de conforto. Ah, vale lembrar que os banheiros são coletivos – como são em campings comuns.

Bangalô é uma opção de hospedagem no Parque Nacional de Komodo perfeita para aventureiros

Já para quem prefere se hospedar em hotel, separamos algumas opções:

Hotel Seraya no Parque Nacional de Komodo

Quando ir ao Parque Nacional de Komodo?

A melhor época para conhecer o parque é entre abril e junho, ou também setembro e novembro. Os meses de janeiro a março são  os mais chuvosos e por isso, diversos passeios são suspensos, principalmente devido à agitação do mar. Já no mês de julho é a alta temporada, portanto as ilhas costumam ficar muito cheias, com preços tanto de passeios quanto de hospedagens mais altos.

Parque Nacional de Komodo é um dos lugares mais bonitos da Indonésia

Maravilhoso, né?!

Newsletter Inscreva-se na newsletter e receba gratuitamente todas as novidades do blog!

• Comentário no Blog deste assunto é aqui •

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

• Faça um Comentário no Facebook deste assunto •

Posts Relacionados