O que fazer, melhores pontos turísticos e a vida noturna do Rio de Janeiro

3 agosto, 2018
Autor: Redação

Não tem como negar, que mesmo a meio de tantos percalços, o Rio de Janeiro continua lindo!!! E continua mesmo, um dos melhores e mais conhecidos cartões-postais do Brasil, ainda é uma das cidades mais procuradas por turistas, tanto por brasileiros quanto estrangeiros.

E para quem ainda não conhece, ou pretende fazer uma viagem para lá, confira todas as dicas da cidade maravilhosa por aqui!

Para quem não sabe, a cidade do Rio de Janeiro é a segunda maior metrópole do país, ficando atrás apenas de São Paulo, e é o maior destino turístico não só do Brasil, mas também da América Latina e do Hemisfério Sul inteiro, sendo a cidade brasileira mais conhecida no exterior.

O Rio tem um grande marco na história do nosso país, já que no século XVIII passou a ser a capital do Brasil, por ser uma cidade referência na economia da colônia. Além disso, atualmente além de suas grandes e lindas praias, o Rio de Janeiro tem um enorme acervo cultural para oferecer aos seus turistas e moradores locais.

Então vamos conhecê-la mais afundo?

Pontos turísticos imperdíveis do Rio de Janeiro:

Cristo Redentor: O mais conhecido cartão-postal do Rio, e um dos mais vistos do Brasil, o Cristo Redentor é visita obrigatória na cidade. O monumento de 38 metros de altura, considerado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO e eleito uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno, está localizado no morro do Corcovado, na Floresta da Tijuca, a 700 metros acima do nível do mar. Além de ser um ponto cultural, o local ainda oferece um mirante com uma vista panorâmica deslumbrante da cidade.

Arpoador: Tanto a praia quanto a Pedra do Arpoador, são dois pontos turísticos indispensáveis do Rio. Localizados no bairro de Ipanema, a praia que tem apenas 500 metros de extensão é muito visitada por surfistas, pelas suas ondas propícias. E a pedra, que oferece uma vista incrível para as praias de Ipanema e Leblon, além de ser um lugar bastante frequentado para observar o pôr do sol.

Pão de Açúcar: A 400 metros de altura, o Pão de Açúcar é o segundo ponto turístico mais procurado pelos turistas. Para chegar até lá, é preciso pegar o bondinho a partir da Praia Vermelha. O passeio faz 2 paradas, a primeira é no Morro da Urca, onde é possível observar a Baía de Guanabara, a Enseada de Botafogo e algumas praias da Zona Sul. E a segunda parada é lá do mirante, onde podemos admirar grandes cenários do Rio, como as praias do Leme, Copacabana, Ipanema, Flamengo, Leblon, Pedra da Gávea, Corcovado, Centro, Niterói e até a Serra do Mar e o seu famoso “Dedo de Deus”.

Jardim Botânico: Um local histórico, criado por D. João VI, no ano de 1808, o Jardim Botânico abriga mais de 40 mil plantas, de 6.500 espécies, além do lago com vitória-régias, orquidário, estufas e o roseiral. Sem contar no Jardim Japonês, o Chafariz Central e a Casa dos Pilões, que são 3 lugares especiais e importantes do local. Por lá também há um jardim sensorial, feito para pessoas portadoras de deficiência visual, com plantas específicas para serem tocadas e descrições em braile. Passeio imperdível!

Escadaria de Santa Teresa: Também chamada de Escadaria Selaron, a escada mais famosa do Rio de Janeiro, liga o Bairro de Santa Teresa ao Largo da Lapa. Seus degraus são todos decorados com mosaicos pintados com paisagens de diversos lugares do mundo, assinados pelo artista chileno Jorge Selaron. No topo da escadaria, há diversos bares, restaurantes, ateliês de arte, o convento de Santa Teresa, além de uma vista incrível da cidade. Vale a pena conhecer! Só não esqueça de tirar uma foto por lá, em?!

Teatro Municipal: Inspirado na Ópera de Paris, o Teatro Municipal, localizado na região da Cinelândia, foi construído em 1909, com materiais de mármore, esculturas e vitrais vindos da Europa. No ano de 2009 o prédio passou uma grande restauração, o que acabou se tornando uma das casas de espetáculos mais bonitas e importantes do Brasil.

Parque Lage: Um local rodeado por natureza, localizado no bairro do Jardim Botânico, aos pés do Corcovado, o Parque Lage é um dos parque públicos mais conhecidos do Rio e foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) no ano de 1957. Ele é composto por um palacete construído no início do século passado, que desde 1966 funciona como o Instituto de Belas Artes, dando então origem a Escola de Artes Visuais. O local também possui uma antiga lavanderia de pedra do Período Imperial, um restaurante delicioso e diversas trilhas que levam a mirantes, cachoeiras e ao Corcovado.

Arcos da Lapa: Localizada próxima ao centro da cidade, a estrutura de 270 metros de comprimento e quase 18 metros de altura, foi uma obra arquitetônica de maior porte no Brasil durante o período colonial, servindo como o maior símbolo do Rio de Janeiro antigo, preservado até o dia de hoje no tão famoso bairro boêmio da Lapa. Em seus arredores, há diversos bares para aproveitar de acordo o agito da região.

Outro pontos turísticos do Rio para conhecer:

  • Mirante Dona Marta;
  • Forte de Copacabana;
  • Sambódromo;
  • Biblioteca Nacional do Brasil;
  • Real Gabinete Português de Leitura;
  • Museu Histórico Nacional;
  • Museu do Amanhã;
  • Pedra da Gávea;
  • Lagoa Rodrigo de Freitas;
  • Floresta da Tijuca;
  • Estádio do Maracanã;
  • Trilha do Morro Dois Irmãos.

Atividades para praticar:

  • Trekkings pelos morros;
  • Andar de bike pelo calçadão;
  • Mergulhar;
  • Surfar;
  • Praticar kitesurf;
  • Saltar de paraquedas;
  • Stand up;
  • Aulas funcionais pelas praias;
  • Passeios de helicóptero;
  • Passeios de barcos nos arredores.

Melhores praias do Rio de Janeiro:

  • Praia Vermelha;
  • Praia do Pepê;
  • Leblon – que compreende o posto 11 e 12;
  • Praia do Arpoador;
  • Praia de Copacabana;
  • Praia de Ipanema;
  • Praia de Grumari;
  • Prainha – localizada próxima a Praia de Grumari.

O melhor da vida noturna carioca:

Melhores restaurantes do Rio de Janeiro:

Opções de hospedagens no Rio:

Hotéis:

Hostels:

Melhor época para ir ao Rio:

O clima no Rio de Janeiro é agradável o ano todo, claro, que pra quem gosta de muito calor e sol forte. Porém, durante o verão todo e até na primavera, a cidade fica muito cheia, o que acaba ocorrendo superlotação nas praias, filas em pontos turísticos, preços mais altos e até, infelizmente, um tratamento de prestadores de serviços um pouco ruim.

Portanto nossa dica para planejar uma viagem incrível ao Rio, é durante o outono ou inverno. O frio por lá aparece sim, mas não como em São Paulo ou na região sul do Brasil. E o lado bom, é que nas praias, com o sol forte, ele dá uma boa trégua, garantindo um bronzeado e tempo de sobra para você conhecer os pontos turísticos com tranquilidade.

E aí, vamos para o Rio? Conta pra gente suas dicas de lá também!

Tags: , , , ,
Newsletter Inscreva-se na newsletter e receba gratuitamente todas as novidades do blog!

• Comentário no Blog deste assunto é aqui •

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

• Faça um Comentário no Facebook deste assunto •

Posts Relacionados