Monte Verde: Romance, aventura e delícias

16 maio, 2018
Autor: Redação

Se Campos do Jordão é conhecida como a Suíça paulista, Monte Verde é, então, a equivalente mineira. Com forte influência alemã, Monte Verde é o destino perfeito para quem busca muito romance, aventuras e delícias, tudo combinado com um clima de montanhas e paisagens lindíssimas.

Vem conhecer tudo sobre esse lugar especial – e quem sabe já organizar um programa especial para o dia dos namorados que está chegando…

o que fazer em monte verde

Você sabia que Monte Verde tem esse nome por causa do sobrenome de seu fundador, Verner Grinberg, nascido na Letônia, porque em alemão, grin significa verde e berg é monte)? Em 1938, Grinberg e sua esposa, Emilia Grinberg, escolheram a região de Monte Verde, na época conhecida como Campos do Jaguary, por sentirem que as montanhas e o clima tinham bastante a ver com sua terra natal.

O estilo de vida em Monte Verde sempre foi muito simples, especialmente até 1969, período em que não havia nem energia elétrica e, por isso, o despertador dos moradores era o soar de um sino, tocado por dona Emilia. Os moradores, em sua maioria de origem européia, cultivavam tudo o que consumiam, inclusive o leite era ordenhado das vacas que criavam. Isso fez com que essa simplicidade e as delícias produzidas pelos moradores de Monte Verde se transformassem em tradições, que são mantidas até hoje.

Delícias de Monte Verde

A cidade é pequena e possui apenas uma rua principal, a Avenida da Fazenda, onde estão localizadas as agências de turismo, lojinhas de artesanato, souvenirs, restaurantes e cafés. A gastronomia local combina pratos europeus, especialmente alemães e suíços, com a cozinha mineira. Essa mistura faz de Monte Verde um destino cheio de delícias para saborear.

Fondue – Praticamente todos os restaurantes da cidade têm fondue, seja de carne, queijo ou chocolate, no menu. Os mais famosos, que oferecem a sequência de foundues ao som de música ao vivo são A Casa do Fondue e o Restaurante Pucci.

Cozinha alemã – Um dos carros-chefe dos restaurantes alemães da cidade é o Eisbein, um prato a base de joelho de porco. De sobremesa, tanto nos restaurantes como em praticamente todos os cafés da cidade, a melhor pedida é a tradicional Apfelstrudel, torta de maçã. Ainda com foco na cozinha alemã, provar cervejas artesanais é quase obrigatório, especialmente na Arsenal da Cerveja ou na Fritz Cervejaria, onde é possível conhecer o processo de fabricação da bebida.

Chocolates – O clima de Monte Verde é muito convidativo para um café e, principalmente, um chocolate quente cremoso. É possível provar essa gostosura nos cafés e, principalmente nas lojas Gressoney, Chocolate Montanhês, Sabor Chocolate e ChokoMel, são onde estão os chocolates mais deliciosos da região e com a maior variedade de sabores e formatos: bombons, trufas, salaminhos de chocolate e até a “feijoada gelada”, uma mistura de sorvete, farofa doce e gotas de chocolate.

Cozinha mineira – Apesar do estilo “Alpes Suíços”, não dá para esquecer que Monte Verde fica em Minas e as tradicionais delícias mineiras não fazem feio na cidade. Além de restaurantes com fogão à lenha, que servem galinhada, tutu de feijão e outros pratos mineiros tradicionais, há também diversas lojinhas que vendem outras delícias famosas do estado: compotas de frutas, pães de queijo, goiabadas, biscotinhos mineiros amanteigados, cachaças e licores artesanais e queijos divinos, sendo os mais típicos o com recheio de requeijão e o de iogurte.

Duas outras coisas bem tradicionais de regiões montanhosas, com clima frio intenso e águas frias são pinhão e truta. O pinhão, dá para comprar já cozido e descascado, embalado à vácuo ou in natura. Já a truta, está disponível em boa parte dos restaurantes do vilarejo.

onde comer em monte verde

 

As melhores atividades de Monte Verde

Praticamente tudo o que tem para fazer em Monte Verde, além de saborear as delícias que já falamos, está ligado ao ecoturismo. São muitas opções para se conectar com a natureza, seja praticando esportes, meditando ou apenas curtindo o visual das montanhas e o ar puro.

TRILHAS

  • Trilha da Pedra Redonda – Talvez a Pedra Redonda seja o ponto turístico mais famoso de Monte Verde. A trilha que leva até o topo, com vista panorâmica, tem 900m dificuldade moderada, não é necessária a contratação de guias, ida e volta duram cerca de 1h30.
  • Trilha da Pedra Partida – São 1,6 km até o alto da Pedra Partida, de onde tem-se uma vista espetacular de 360º. É longa, cansativa (cerca de 3h ida e volta), mas vale muito à pena.
  • Trilha do Chapéu do Bispo – Perfeita para ser feita em família, especialmente se há crianças, idosos e pessoas com mais dificuldade, porque é bem curta e fácil (são apenas 650m). O passeio tem duração de cerca de 1h e a vista é para a simpática vila de Monte Verde.
  • Corredeiras do Itapuá – Com entrada pelo Hotel Itapuá, a trilha acompanha as margens de Córrego do Cadete, com corredeiras, pequenas cachoeiras , o Lago Perdido e a famosa Casa dos Beija-Flores.
  • Trilha do Pico do Selado – Uma das melhores trilhas para quem aprecia caminhadas mais longas, com maior grau de dificuldade. A trilha passa por um bosque, beira a serra e chega até o ponto mais alto da região (2.082m de altitude), com um visual lindo e mirantes pelo caminho. No total, são 2,4km de extensão, percorridos em 3h (ida e volta).
  • Trilha do Jorge – Cruzando riachos e bosques, esta trilha é uma famosa travessia que liga Monte Verde à São Francisco Xavier e exige algum preparo físico, pois são 4h de caminhada somente de ida e 7,6km de extensão.
  • Trilha do Pico da Onça – Por um dos caminhos de bifurcação existente na Trilha do Jorge, chega-se até o mirante da Pedra da Onça. O charme fica por conta do Bosque dos Duendes, que há pelo caminho. Também é preciso ser experiente em trilhas para percorrer os 5km.
  • Outras trilhas que valem a pena:
    • Trilha do Platô (1,2km, dificuldade moderada);
    • Trilha do Pinheiro Velho (1,9km, dificuldade fácil).

CACHOEIRAS

Todas as cachoeiras têm acesso fácil, gratuito e com opções fáceis para estacionar e com muita sinalização. Apesar o clima friozinho de Monte Verde, vale um mergulho refrescante, se você estiver por lá no verão ou uma visita para apreciar o visual, se estiver nos dias mais frios.

  • Cachoeira da Roda d’água – Um dos cartões postais de Monte Verde, o lago da pequena cachoeira reflete as montanhas e isso, combinado à roda d’água existente ali, torna o local pra lá de encantador.
  • Cachoeira Gato de botas – A apenas 100m da Avenida da Fazenda, tem acesso fácil e piscinas rasas, perfeita para crianças.
  • Cachoeira Água Pedreira – Das cachoeiras existentes, é a melhor opção para nadar. Também tem acesso fácil, há 300m da Avenida da Fazenda, tem um espelho d’água cristalino.
  • Cachoeira dos Pretos – Apesar de ficar no município de Joanópolis, a 32km de Monte Verde, os 170 metris de altura, o poço fundo e a estrutura turística com lanchonete, restaurante e tiroleza fazem o passeio valer a pena.
  • Cachoeira da Siriema – Em meio a mata preservada, a cachoeira possui duas cascatas, dois poços e é perfeita para um dia de piquenique.

Melhores cachoeiras em Monte Verde

ATIVIDADES RADICAIS

  • Jipe 4×4, quadriciclo, motocross e mountain bike – Fazer as tracking é uma delícia, mas se você gosta de uma dose extra de adrenalina, vale a pena alugar algum meio de transporte radical. No caso do quadriciclo, não é preciso ter habilitação e nem experiência. O aluguel dos veículos e equipamentos de segurança podem ser feitos em uma das empresas que ficam na Avenida da Fazenda, a principal da cidade.
  • Rafting e bóia-cross – Os passeios pelo Rio Jaguari são feitos entre os meses de novembro e maio, quando o volume de água é maior e há opções mais leves, de bóia-cross pelas corredeiras ou trechos mais radicais, com correntezas e quedas, de rafting.
  • Monomotor – Se subir até o pico das montanhas ainda não for o suficiente para você, que tal sobrevoar Monte Verde e região para ver as belezas de cima? Os passeios saem do aeroporto de Monte Verde, o mais alto do Brasil, e têm duração de 15, 25 ou 60 minutos.
  • Cavalgada – Para cavaleiros experientes, iniciantes ou apenas amantes dos equinos, são várias as empresas que oferecem uma diversidade enorme de passeios guiados ou não, com duração de 1 a 2 horas.
  • Arvorismo e Tirolesa – O Espaço Adélia é perfeito para iniciar as crianças no ecoturismo através dos circuitos de arvorismo, tirolesa e até paintball. Já no Circuito Fazenda Radical está a Mega Tirolesa, com um total de 925 metros de extensão e 60 metros de altura, que é para quem busca um visual incrível e muita adrenalina.
  • Patinação no gelo – Durante o inverno, funciona uma pista de patinação no gelo com 240 m², no centro do distrito. A atividade deve ser agendada, custa em torno de R$40 e há professores para auxiliar na prática.

Como chegar em Monte Verde

Apesar de ficar em Minas Gerais, Monte Verde é mais pertinho da capital paulista. São apenas 164 km de São Paulo, enquanto de Belo Horizonte são 484 km e do Rio de Janeiro, 459 km, tudo pela Rodovia Fernão Dias (BR-381). Também dá para chegar a Monte Verde por uma estrada de terra que liga Monte Verde ao distrito charmoso de São Francisco Xavier, município de São José dos Campos.

Vista de Monte Verde

Melhores opções de hospedagem em Monte Verde

Monte Verde é o tipo de lugar que vale a pena investir na hospedagem. Como faz muito frio, curtir o aconchego de um bom quarto de hotel, com roupa de cama de qualidade, lareira e até banheira, ofurô ou jacuzzi.

Para conseguir aproveitar ao máximo as atividades e o clima de Monte Verde, o ideal é ir entre os meses de abril e setembro, quando a quantidade de chuvas é mais baixa. Também é nessa época, especialmente no inverno, que os termômetros atingem as temperaturas mais baixas (muitas vezes até abaixo de zero), tornando a experiência mais gostosa.

Pousadas em Monte Verde

Que tal conhecer e deliciar-se por Monte Verde já nesse inverno?

 

Tags:
Newsletter Inscreva-se na newsletter e receba gratuitamente todas as novidades do blog!

• Comentário no Blog deste assunto é aqui •

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

• Faça um Comentário no Facebook deste assunto •

Posts Relacionados