Bordeaux, um dos destinos mais procurados da França

4 maio, 2018
Autor: Redação

Tem combinação melhor do que vinhos, história, cultura, paisagens naturais, construções históricas e grandes boulevares para passear? Tudo isso com um toque de charme e pessoas hospitaleiras, encontramos em Bordeaux, na França!

Já ouviu falar? Então entre aqui e conheça mais um lugarzinho especial para você visitar!

Bordeaux, ou Bordéus – em português – está localizada no sudoeste da França, e é a capital e a maior cidade do departamento da Gironda e da região Nova Aquitânia. A cidade também serve como um porto na margem sul do Rio Garonne. Ela possui uma área metropolitana de 49,36 km² e cerca de 236 mil habitantes.

Bordeaux é linda e muito encantadora, com parques, vinícolas, uma gastronomia de primeira, ruelas antigas e monumentos históricos incríveis. Porém a cidade nem sempre foi esse mar de rosas, durante muitas décadas Bordeaux era chamada de “La Belle endormie” – A Bela adormecida -, pois era um lugar que nada se desenvolvia, lugares históricos abandonados, trânsitos caóticos, poluição no rio e nas ruas.

Mas foi em 1995, que tudo começou a mudar, através de um projeto de revitalização massiva, que está em andamento até os dias de hoje. Podemos dizer que a cidade foi transformada. Foi construído um parque nas margens do rio Garonne, criaram boulevares grandes com lojas e restaurantes renomados para atrair turistas, vinícolas foram reerguidas, o conjunto arquitetônico de pedra calcária do século XVIII foi revitalizado e um moderno sistema de bonde, os conhecidos trams, foi construído. E como reconhecimento e mérito de toda essa evolução, em 2007, Bordeaux ganhou o título de Patrimônio Mundial da Humanidade pela UNESCO, sendo o maior patrimônio urbano do mundo.

E foi então que a cidade começou a atrair turistas do mundo inteiro, além de novos moradores, sendo muitos deles vindo da própria França. E se você se encantou, saiba o que você não pode deixar de ver em Bordeaux.

O que fazer em Bordeaux:

Pont de Pierre ou um passeio de barco por baixo dela: Essa é a ponte mais antiga da cidade, que foi construída em 1822. Ela é linda tanto na parte do dia quando à noite, são 500 metros, e sua vista é deslumbrante. Portanto você também pode conhecê-la de uma perspectiva diferente, através de um passeio de barco no rio Garonne, onde é feito com embarcações do dia a dia, que levam as pessoas de um ponto para outro da margem.

Conheça Sait Emilion, a região dos vinhos: Não tem como ir até Bordeaux e não conhecer a região das vinícolas. Saint Emilion fica a 35 minutos da cidade, e pode ser acessada através de trem. Em uma área de 120.000 hectares, são mais de 4 mil propriedades, onde 85% dos vinhos produzidos são tintos e das uvas cabernet sauvignon e merlot. Muitas dessas vinícolas são gratuitas, outras não, algumas precisam de agendamento prévio e outras é só chegar para conhecer, por isso há quem prefira se hospedar por lá, principalmente quem prioriza conhecer a fundo produção do famoso vinho gra cru, onde é feito em centenas de propriedades.

Além disso, em muitas dessas vinícolas, a estrutura para receber turistas é extraordinária, oferecendo por exemplo tours de bicicleta, aulas de culinária, jantares especiais e degustações de vinho acompanhadas com queijo e chocolate, deu vontade de fazer as malas agora, né?! Neste site, você encontra todas as propriedades disponíveis para visitação em Sait Emilion, dê uma olhada.

Fazer compras na Rue Sainte-Catherine: Localizado em um lugar onde os locais apelidaram de “Triângulo de Ouro”, essa rua é muito especial, além de ser um antigo caminho feito pelos romanos, que liga a Place de la Comédie até a Place de la Victorie – dois pontos turísticos importantes, essa é a maior rua para pedestres da Europa. Por lá encontramos desde lojas de grife, como; Louis Vuitton, Hermès, Cartier e Chanel, como lojas de departamento H&M, Forever 21 e Urban Outfitters, além de incríveis estabelecimentos franceses de alta costura, jóias e prêt-à-porter por exemplo.

Andar pelo Centro Histórico: Com muitas construções antigas e históricas, o passeio a pé é imperdível. O ideal é pegar um mapinha para não perder nada. Por lá há o Place de la Comédie, o Grand Theatre, hotéis de luxo, a Saint-Rémi – uma rua lotada de restaurantes maravilhosos -, a Basílica de Saint-Michel, o Place de la Bourse e Miroir d’Eau – o maior espelho d’água do mundo. Vale a pena passar a tarde toda por lá!

 Miroir d’Eau

Parque na margem do Rio Garonne: Bem perto do Miroir d’Eau, você encontra o parque que fica nas margens do rio, por lá podemos desfrutar da natureza, praticar alguns esportes, passear com animais, fazer um piquenique e aproveitar a vista que o lugar nos proporciona.

Como chegar em Bordeaux?

A cidade está localizada a 600km de Paris, possui aeroporto internacional e estações de ônibus e trem, portanto você pode tanto voar direto até o destino, quanto apostar em um dos transportes públicos da região, que diga-se de passagem, é de primeira qualidade e possui diversos horários.

Quando ir e Quanto tempo ficar?

A melhor época para conhecer Bordeaux é em maio e junho, os meses que o calor não está em excesso e os parreirais das vinícolas estão crescendo. No mês de setembro também pode ser interessante, pois é quando as parreiras estão todas carregadas de uvas, portanto você pode acompanhar as colheitas. Os meses mais frios, que vão de novembro a março não é muito recomendado, pois os vinhedos estão secos.

A sua estadia na cidade não precisa ser tão longa, já que em 5 dias você consegue fazer todas as atrações que Bordéus tem a oferecer.

Onde ficar:

Estamos encantadas, vamos planejar uma viagem até lá???

 

Newsletter Inscreva-se na newsletter e receba gratuitamente todas as novidades do blog!

• Comentário no Blog deste assunto é aqui •

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

• Faça um Comentário no Facebook deste assunto •

Posts Relacionados