Tecidos indiano: cores, texturas, histórias e culturas 

16 agosto, 2017
Autor: Redação

Em um mundo onde o capitalismo predomina, o fast fashion já garantiu o seu lugar no topo da lista, mostrando que a quantidade muitas vezes pode ganhar da qualidade. Indo totalmente na contramão dessa tendência, a Índia é um país que valoriza o trabalho manual, matérias-primas tradicionais e habilidades artísticas até hoje. Por isso, hoje viemos falar sobre o tecido indiano e sobre suas cores, texturas, histórias e culturas.

Venham conhecer!

O segundo país mais populoso do mundo e uma república composta por 28 estados e 7 territórios de união, a Índia, está em sétimo lugar na economia em termos de Produto Interno Bruto (PIB). E um dos maiores motivos para essa economia, é o grande cultivo e exportação de algodão.

Foi em Bangladesh, na sua atual capital Daca, onde surgiram os primeiros tecidos de algodão no mundo. Há registros de Indianos, Incas e outras civilizações mais antigas, que também utilizavam o material há mais de 7.000 anos.

A grande produção deve-se ao trabalho habilidoso de cada agricultor. Veja o vídeo sobre todo o processo do cultivo do algodão, desde o plantio até a colheita:

O país se desenvolveu tanto no assunto que passaram a ser reconhecidos também pela, seda, tear e pelos os corantes naturais, tornando uma dos maiores polos da Industria Têxtil do mundo.

Todo o processo e a grande produção da Seda vem de traças “semi-domesticadas”, que são criadas ao ar livre, onde têm acesso à diversas espécies de árvores para se alimentarem e espalharem seus casulos livremente.

Veja como é o processo e o cultivo da Seda indiana:

As técnicas de tecelagem indiana também são bastante conhecidas internacionalmente. O processo mais simples dessa produção é onde o tecelão corre fio por fio de drama, uniformemente por cima e por baixo de fios fixo de urdume.

Os teares indianos consistem desde trabalhos simples como esse, até os mais complexos que são feitos com veludos e sedas padronizadas.

Veja com detalhes como é feito esse incrível trabalho:

Quase tão famoso quanto os tecidos, os bordados também são herança do grandioso trabalho indiano, onde contam com variadas técnicas de pontos feitos à mão para enfeitar com detalhes, o tecido. A costura foi desenvolvida ao longo de séculos e segue até os dias de hoje com um trabalho rico e supervalorizado.

Assista o processo desse maravilhoso trabalho:

Além dos tecidos, outro quesito que chama atenção do mundo, são as cores. A Índia é considerada o berço da estamparia, onde surgiram técnicas de tingimento em tecidos desde a Antiguidade, tido como segredo e herança passado de pai para filho dentro das castas.

O processo criativo dos artesãos são os mais naturais possíveis. Os famosos tapetes durries por exemplo, são produzidos com lã de ovelha e camelo. E os produtos usados para o tingimento são a cúrcuma, o curry, índigo e urina, pela quantidade de ureia que ajuda a fixar a cor, além disso eles também utilizam as fezes do camelo para obter o tom amarelado. A fruta de uma árvore chamada miróbalo, que são muito usadas também na medicina ayurvédica, utilizam o pó juntamente com água extraindo cores diferentes para tingir as fibras e os tecidos.

Depois de obterem as cores, vem o processo de estamparia, que são feitos através da técnica hand block printing, onde os desenhos são impressos em blocos, como se fossem carimbos gigantes. Esses carimbos são feitos de madeira e os desenhos todos esculpidos à mão. Então, o tecido é levado para uma mesa, e os carimbos são prensados com os blocos molhados com tinta, tudo bem preciso, para não haver diferença entre um carimbo e outro.

Cada parte do desenho fica em um bloco, e geralmente são estampados com cores diferentes. Para encaixar um bloco no outro sem sair do formato do desenho é um trabalho muito complexo, que demanda muita atenção e habilidade. Depois que são estampados, os tecidos ainda podem ser tingidos de outra cor, nas áreas que não foram preenchidas.

Vídeo com o processo do Hand Block Printing:

Os tecidos são expostos ao sol no verão, há uns 50ºC, para as cores secarem. Os desenhos são bem característicos, com muitas flores, símbolos do hindus, plantas e o pássaro Garuda por exemplo. Essa técnica existe há muitos séculos, e nunca foi alterada.

Assista o vídeo do processo de tingimento natural Indigo:

Uma outra técnica bastante usada pelos indianos, porém de origem africana, é o famoso tie-dye, onde várias partes dos tecidos são amarradas, em tamanhos diferentes, e logo em seguida são tingidos, quando essas partes amarradas finalmente são soltas, o resultado são de diferentes formatos abstratos.

 

TÁ POR ONDE

Comprar

Bata de algodão bordada - Casa da Índia

R$86,00

Comprar

Bolsa de metal dourado - Casa da Índia

R$400,00

Comprar

Canga estampada - Casa da Índia

R$44,00

Comprar

Chaveiro mini caderneta - Casa da Índia

R$10,00

Comprar

Porta óculos de couro - Casa da Índia

R$44,00

 

Descobrimos cinco workshops incríveis para deixar a sua viagem à Índia única e imperdível!

Curso de tingimento natural com impressão em bloco:

Uma oficina de 5 horas, que explica passo a passo as técnicas e leva o aluno colocar a mão na massa, para todos os processos de tingimento e estamparia. Além da aula sobre os corantes e produtos naturais que são utilizados.

Esse workshop fica na cidade de Mumbai, e é organizado pelo Bloom and Grow,

Exposição e oficina de impressão em blocos:

A Galeria de Arte da Índia realizou uma exposição juntamente com uma oficina, onde foi explicado todo o processo de impressão em blocos, fabricação de pigmentos vegetais, escolha de tecidos, o uso de variados corantes, como deixar a cor permanente e a execução da impressão.

A oficina aconteceu também em Mumbai, dê uma olhada no site India Art, e veja que incrível foi o evento.

Oficina detalhada sobre tecidos e estamparias:

Um workshop de 7 dias, contando detalhadamente através de palestras de mestres no assunto, sobre todos os processos de estamparias, bordados, tecidos, coloração, produtos naturais utilizados, passeios em fábricas, além de toda a execução do processo completo.

A oficina foi realizada pela Wonderful Workshops em Jaipur, capital da Índia.

Workshop de DIY (Do it Yourself):

O Do It Yourself é o famoso, faça você mesma, ou seja, nesse worskshop realizado também em Jaipur, dá a oportunidade das pessoas conhecerem e realizarem os processos completos das cores da Índia. Saber como os corantes naturais são feitos, de onde eles são extraídos e o como são impressos.

Dê uma olhada no site da DIY e se inscreva.

Workshop sobre impressão de blocos e corantes:

Essa é mais uma oficina de Hand Block Printing, onde realizam aulas práticas sobre toda a técnica, desde o desenvolvimento de habilidades em impressão até à experiência do trabalho.

O workshop é dado na cidade de Bagru, que fica há 31km da capital Jaipur. Há pacotes para aulas de 1 ou de 2 dias. Acesse o site Jaitex Art, e saiba mais informações.

Não é de se arrepiar tanta arte, cultura e habilidades preciosas juntas há tanto tempo?!

 

TÁ POR ONDE

Comprar

Porta níquel - Casa da Índia

R$58,00

Comprar

Poltrona de veludo bordado - Casa da Índia

R$2.300,00

Comprar

Banco de metal - Casa da Índia

R$640,00

Comprar

Enfeita de madeira com placas de osso - Casa da Índia

R$38,00

Comprar

Chaveiro móbile - Casa da Índia

R$18,00

 

 

Newsletter Inscreva-se na newsletter e receba gratuitamente todas as novidades do blog!

• Comentário no Blog deste assunto é aqui •

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

• Faça um Comentário no Facebook deste assunto •

Posts Relacionados